Presidente estuda novo pronunciamento em favor do isolamento vertical

Bolsonaro pretende levar ao seu discurso trecho de pronunciamento do diretor-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus
-Publicidade-
Presidente falou sobre o tema pela primeira vez no dia 25 de março. Foto: Rede Social
Presidente falou sobre o tema pela primeira vez no dia 25 de março. Foto: Rede Social

Bolsonaro pretende levar ao seu discurso trecho de pronunciamento do diretor-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus

O presidente Jair Bolsonaro estuda fazer, na noite desta terça-feira, 31, um novo pronunciamento em cadeia nacional de rádio e TV em favor do isolamento vertical. A decisão deve ser tomada durante a tarde.

Bolsonaro pretende levar ao seu discurso trecho de pronunciamento do diretor-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, no qual ele manifesta preocupação com trabalhadores que não conseguem assegurar o seu sustento durante uma quarentena total. A ideia é estimular as pessoas a voltarem aos poucos à sua rotina normal de trabalho.

-Publicidade-

Além disso, o presidente também deve fazer menção aos 56 anos do último dia do governo João Goulart – a queda de Jango foi o marco para o início de uma série de governos militares no Brasil. Pela manhã, a simpatizantes na porta do Palácio do Planalto, o presidente classificou o 31 de março como “o grande dia da liberdade”.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.