Prévias do PSDB são suspensas por falha em aplicativo

Sistema ficou fora do ar por quatro horas; desenvolvedora do programa garante que está investigando a origem do problema
-Publicidade-
O ex-prefeito Arthur Virgílio (esq), o governador, João Doria (centro), e o governador Eduardo Leite (dir). durante prévias do PSDB para a Presidência da República, em Brasília, no domingo 21 | Foto: Fátima Meira/Estadão Conteúdo
O ex-prefeito Arthur Virgílio (esq), o governador, João Doria (centro), e o governador Eduardo Leite (dir). durante prévias do PSDB para a Presidência da República, em Brasília, no domingo 21 | Foto: Fátima Meira/Estadão Conteúdo

As prévias do PSDB foram suspensas neste domingo, 21, devido a “problemas técnicos” no aplicativo da legenda. Iniciada às 7h de hoje, a votação estava prevista para ser encerrada às 15h, com a divulgação do resultado às 17h.

Contudo, desde o início da manhã, ocorreram instabilidades no app. Dessa forma, a cúpula da sigla anunciou que o horário da votação seria ampliado até as 18h. Posteriormente, os problemas persistiram e a votação, adiada.

Até as 17h, apenas 10% dos inscritos para votar nas prévias do partido tinham conseguido registrar seus votos. O presidente estadual do PSDB de São Paulo, Marco Vinholi, informou que o app ficou fora do ar por 4 horas e 30 minutos.

-Publicidade-

Disputam as prévias tucanas para as eleições presidenciais de 2022 o ex-prefeito de Manaus Arthur Virgílio; e os governadores Eduardo Leite (Rio Grande do Sul) e João Doria (São Paulo).

Desenvolvedora do app se manifestou

A Fundação de Apoio da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Faurgs), responsável pela criação do app, informou que está apurando a origem da falha. Em nota, a Faurgs descartou que o problema tenha a ver com erros no reconhecimento facial de militantes do PSDB.

Além disso, a entidade assegurou que os votos já computados não serão perdidos. “Ademais, a segurança do sistema não foi afetada”, garantiu a Faurgs.

Na semana passada, o PSDB realizou simulações na votação do aplicativo. O procedimento foi acompanhado pela Faurgs e pelas consultorias técnicas contratadas para o pleito, a empresa Kryptus, Fundação de Apoio à Universidade de São Paulo e a Bidweb.

Durante os testes, as equipes técnicas convidadas identificaram erros. Horas depois, o PSDB informou que os problemas haviam sido resolvidos.

Nota do partido

“O PSDB concluiu, às 18h deste domingo, o processo de votação em urna eletrônica para a escolha do candidato do partido à Presidência da República.

O processo de votação em aplicativo encontra-se pausado em razão de questões de infraestrutura técnica, que não comportou a demanda dos votantes das prévias.

Os votos registrados neste domingo estão preservados e o PSDB está definindo, junto com os candidatos, em que momento o processo será retomado.

O PSDB definirá nova data para reabertura do processo de votação para que todos os filiados que não puderam votar neste domingo possam, com tranquilidade e segurança, registrar o seu voto e concluir a escolha do nosso candidato às eleições presidenciais de 2022.

Os votos recebidos tanto pelo aplicativo quanto por meio das urnas eletrônicas ao longo deste domingo serão totalizados ao final do processo de votação.

A integridade e a segurança do sistema estão totalmente preservadas.

Todos os votos registrados desde a abertura da votação neste domingo estão válidos e serão computados.”

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

6 comentários Ver comentários

  1. Estão provando do veneno do sistema inviolável, acima de qualquer suspeita, imagine as eleições. PT e PSDB se merecem

  2. os valentoes nao sao capazes de lidar com uma simples aplicativo de votacao digital e imaginam que poderao conduzir um transatlantico como o Brasil – sinto muito, next…

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.