Prisão de jornalista vai impulsionar as manifestações, afirma Zambelli

Declaração da deputada foi proferida durante entrevista ao programa Os Pingos nos Is, da rádio Jovem Pan, exibido nesta sexta-feira, 3
-Publicidade-
Carla Zambelli participou de <i>Os Pingos nos Is</i>
Carla Zambelli participou de Os Pingos nos Is | Foto: Reprodução/YouTube

A deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP) criticou a decisão do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), de determinar a prisão do jornalista Wellington Macedo. “A atuação do ministro contra os cidadãos comuns deixa a população indignada”, afirmou a parlamentar, durante entrevista concedida ao programa Os Pingos nos Is, da rádio Jovem Pan, exibido nesta sexta-feira, 3.

Conforme noticiou Oeste, a prisão de Macedo atende a pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR). “A medida, cumprida em Brasília, tem o objetivo de aprofundar investigações em curso nos autos de inquérito que tramita no STF”, informou a Polícia Federal. O jornalista é investigado em inquérito que apura a organização e o financiamento de supostos ataques às instituições e à democracia.

Prisão sem respaldo jurídico e constitucional

-Publicidade-

Zambelli avalia que a decisão de Moraes deve impulsionar as manifestações agendadas para o 7 de Setembro, visto que os atos tem como objetivo defender a soberania dos cidadãos frente ao Estado brasileiro. “As manifestações serão um grito por liberdade de expressão, de opinião, de imprensa e de fé”, disse. “Os cidadãos que tiveram suas prisões decretadas não têm sequer foro privilegiado; por isso, o processo deveria ocorrer em outra instância.”

Para a deputada, a detenção de Macedo não tem respaldo jurídico e constitucional. “A prisão está recheada de situações que são, justamente, os principais motivos das críticas não apenas da base conservadora, mas também de pessoas de esquerda, ao ministro Alexandre de Moraes”, afirmou. “Hoje, as arbitrariedades são contra os conservadores, mas amanhã podem atingir qualquer cidadão brasileiro.”

Leia também: “Supremo Talibã Federal”, artigo de J. R. Guzzo publicado na Edição 74 da Revista Oeste

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

6 comentários

  1. No meu simples entendimento, o sujeito que diz “Vamos invadir o STF”, não vai invadir coisa nenhuma. Quem faz, não diz que vai fazer, isso é óbvio!

  2. É preciso cair na real. Sair da fase da negação. Não há um único advogado, bacharel em direito, estudante de direito ou juiz que não saiba que o STF está agindo à margem da lei. Seus ministros também sabem disso, mas se calam em franca cumplicidade.

    O que estamos vivendo é um Estado de Exceção, uma ditadura escancarada, completamente afastada do Estado Democrático de Direito ao qual muita gente ainda tenta se apegar para manifestar indignação.

    Enquanto não houver uma reação à altura, essa força tirânica vai nos arrastando para as trevas, para a barbárie.

  3. Afinal surgiu uma liderança civil, à margem do governo, para espalhar caca no ventilador. Refiro-me a Zé Trovão, peitando uma ordem do stf. Corajoso. Deve ter mto deputado com inveja dele, com imunidade e tudo.

  4. Impõe-se de imediato a aplicação da TERCEIRA LEI DE NEWTON ( Principio da Ação e Reação) : ” Para toda força de AÇÃO existe uma força de REAÇÃO que possui o mesmo módulo e direção, porém em sentido contrario”.
    De preferencia uma reação de maior intensidade.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro