Prisão de Queiroz é movimento político para atacar Bolsonaro, diz Flávio

"Mais uma peça foi movimentada no tabuleiro para atacar Bolsonaro", diz o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ)
-Publicidade-
Senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ)
Foto: Beto Barata/Agência Senado
Senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) Foto: Beto Barata/Agência Senado

“Mais uma peça foi movimentada no tabuleiro para atacar Bolsonaro”, diz o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ). Prisão de Queiroz ocorreu na manhã desta quinta-feira

flávio bolsonaro - prisão de queiroz
Senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) Foto: Beto Barata/Agência Senado
-Publicidade-

O senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) está tranquilo em relação à prisão de Fabrício Queiroz, seu ex-assessor. Para ele, é mais um movimento para se “atacar” o presidente Jair Bolsonaro.

O parlamentar citou que, em 16 como deputado estadual no Rio de Janeiro, nunca houve “uma vírgula” contra ele. “Bastou o presidente Bolsonaro se eleger para mudar tudo! O jogo é bruto!”, desabafou, em publicação no Twitter.

Os mandados de busca e apreensão e de prisão contra Queiroz foram expedidos pela Justiça do Rio de Janeiro. A prisão foi feita, contudo, em uma operação da Polícia Civil de São Paulo.

Queiroz foi assessor e motorista de Flávio Bolsonaro até outubro de 2018, quando foi exonerado. Policial aposentado, ele é investigado desde a divulgação de um relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf). Ele é suspeito de ter movimentado R$ 1,2 milhão de maneira “atípica”.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

2 comentários

  1. Sem querer defender Flávio, mas esta investigação feita pelo MP do Rio é repleta de sensacionalismo, vazamento na imprensa e exploração política. A mídia militante está mais sedente de sangue do que nunca!
    Witzel está movendo seus pauzinhos? Desviar atenção dos escândalos de CORRUPÇÃO NO COVIDÃO está cada vez mais evidente.
    Moraes (PSDB), amigo de Doria, parece querer intimidar e impedir que as investigações avancem em S. Paulo.

  2. Mas se tudo é uma armacao politica pq o Queiroz estava escondido em outra cidade a meses? Estou confuso com essa narrativa, quem nao deve nao teme ne?

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.