-Publicidade-

PT judicializa problema da saúde no Amazonas

Partido aciona o STF contra o governo federal
PT vai ao STF contra o governo federal
PT vai ao STF contra o governo federal | Foto: Divulgação/Simeam

O Partido dos Trabalhadores acionou o Supremo Tribunal Federal (STF) na noite desta quinta-feira, 14, em relação ao problema enfrentado pelo sistema de saúde em Manaus e outras cidades do Amazonas. Atitude ocorrida diante da informação, repassada por médicos e autoridades locais, de que falta oxigênio para atender pacientes internados em decorrência da covid-19. Diante desse fato, o PT quer que o Poder Judiciário obrigue o governo federal a enviar esse e outros insumos para o atendimento de pessoas hospitalizadas no Estado da Região Norte do país.

Leia mais: “Governador decreta toque de recolher em Manaus”

No pedido encaminhado ao STF, o PT vai além de criticar o presidente Jair Bolsonaro e o governo federal. A legenda de esquerda solicita que outras medidas sejam impostas em relação ao caso do Amazonas. A sigla registra o desejo de ver a Força Nacional reforçando a segurança pública da capital manauara, além da transferência — momentânea — de médicos e outros profissionais de saúde para Manaus.

“Pessoas morrendo sufocadas em Manaus por falta de oxigênio nos hospitais e, em vez de prestar ajuda federal, Bolsonaro politiza as mortes e critica as autoridades locais por não terem adotado tratamento com cloroquina”, declarou a deputada federal e presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann. Segundo ela, o medicamento recomendado pelo presidente da República não “tem eficácia para covid-19”. Dessa forma, a petista atacou pessoalmente o mandatário do país. “É um ser desprezível”, afirmou.

Gleisi não comentou, no entanto, o fato de o governo federal ter sancionado, em maio de 2020, o projeto de lei que previa o repasse de R$ 1 bilhão para o governo do Amazonas. Nesta quinta-feira, pouco antes de o PT avisar ter ingressado com ação no STF, o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, avisou que disponibilizará seis aeronaves da Força Aérea Brasileira para envio imediato de oxigênio aos hospitais de Manaus.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês