PT promete pressionar o TSE sobre papel do Telegram nas eleições

'Vai ter um escritório aqui?', perguntou a presidente petista Gleisi Hoffmann, em evento com partidos aliados
-Publicidade-
Gleisi Hoffmann quer informações sobre atuação do Telegram no país
Gleisi Hoffmann quer informações sobre atuação do Telegram no país | Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O Partido dos Trabalhadores (PT) promete pressionar o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com relação ao papel do Telegram nas eleições deste ano. Em declaração nesta segunda-feira, Gleisi Hoffmann, presidente da sigla, disse que vai cobrar explicações sobre a plataforma de comunicação.

A empresa estrangeira tem sido alvo de contestações por autoridades brasileiras nos últimos meses. Em março, Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), mandou bloquear o Telegram, alegando que o aplicativo de mensagens instantâneas “descumpriu decisão judicial” para a derrubada de perfis supostamente “disseminadores de fake news”. A decisão foi suspensa pelo ministro dois dias depois.

“Nós queremos conversar com TSE sobre o Telegram. Vai ter um escritório aqui? Tem representante? Vai ter regras? Ou vai ser terra de ninguém?”, afirmou Gleisi Hoffmann nesta segunda-feira, em evento com presidentes de partidos aliados, em São Paulo.

-Publicidade-

“Precisamos estar preparados e alertar a população que tudo que vem de Bolsonaro é mentira”, acrescentou a petista.

O Telegram tem sido um espaço de reunião e mobilização de apoiadores de Jair Bolsonaro, em diversos grupos. Somente o canal oficial do atual presidente no aplicativo conta com mais de 1 milhão de inscritos.

Parceria contra a desinformação

Na última semana, o Tribunal Superior Eleitoral e o Telegram formalizaram uma parceria para o enfrentamento da desinformação.

Ao comemorar a medida, o TSE afirmou que é “o primeiro órgão eleitoral no mundo a assinar um acordo com a plataforma que envolve cooperação e ações concretas”.

A cooperação, que deve vigorar até 31 de dezembro de 2022, envolve a criação de um canal oficial do TSE na plataforma, para divulgar informações oficiais sobre as eleições, e o desenvolvimento de uma nova funcionalidade, para categorizar conteúdos não informativos.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.