PTB desafia Roberto Jefferson e registra vice de petista em SP

Ex-deputado federal proibiu coligações com candidatos da esquerda
-Publicidade-
Roberto Jefferson proibiu alianças com o PT. Diretório do PTB em São Bernardo do Campo (SP), no entanto, vai contra a decisão | Foto: Canva
Roberto Jefferson proibiu alianças com o PT. Diretório do PTB em São Bernardo do Campo (SP), no entanto, vai contra a decisão | Foto: Canva | roberto jefferson - ptb & pt - eleições 2020

Ex-deputado federal proibiu coligações com candidatos do PT e de outras siglas da esquerda

roberto jefferson - ptb & pt - eleições 2020
Roberto Jefferson proibiu alianças com o PT. Diretório do PTB em São Bernardo do Campo (SP), no entanto, vai contra a decisão | Foto: Canva

O diretório municipal do PTB em São Bernardo do Campo (SP) resolveu desafiar o presidente nacional da legenda, o ex-deputado federal Roberto Jefferson. Indo contra a resolução imposta pelo dirigente sobre alianças com partidos da esquerda, os trabalhistas são-bernardenses registraram hoje candidata a vice na chapa conduzida por um petista.

-Publicidade-

Leia mais: “Roberto Jefferson derruba alianças com PT e DEM”

Dessa forma, a advogada Ana Lupino (PTB) aparece na chapa encabeçada por Luiz Marinho (PT). De acordo com a plataforma “Divulgação de Candidaturas e Contas Eleitorais”, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), outros dois partidos banidos por Jefferson ajudam a compor a coligação na corrida pela prefeitura de São Bernardo do Campo: PCdoB e PDT. Além disso, PL e Solidariedade apoiam o petista.

Antes podia…

Proibida por Roberto Jefferson nas eleições deste ano, a aliança entre PT e PTB em São Bernardo do Campo já ocorreu no passado — e sob comando de Luiz Marinho. O petista foi prefeito da cidade paulista de 2009 a 2016. Durante os dois mandatos consecutivos, ele teve como vice-prefeito um petebista: o cantor de forró Frank Aguiar.

… mas agora não poderia

Para o pleito de 2020, no entanto, Roberto Jefferson assinou resolução contra alianças com partidos da esquerda. No documento divulgado no início do mês, ele proibia coligações com agremiações partidárias como DEM, PSDB e promotores do movimento denominado Foro de São Paulo. A regra do PTB foi definida dias depois de o nome de Ana Lupino ser cogitado para vice de Luiz Marinho. Na ocasião, Jefferson garantiu que não aceitaria o acordo.

MAIS: “Aplicativo facilita denúncias nas eleições de 2020”

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário Ver comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.