-Publicidade-

PTB vai ao STF contra reeleição de Maia e Alcolumbre: ‘É um escândalo’, diz Roberto Jefferson

Presidente do PTB, Roberto Jefferson, classifica como vergonha e escândalo qualquer possibilidade de Maia e Alcolumbre serem candidatos à reeleição
O presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson | Foto: VALTER CAMPANATO/AGÊNCIA BRASIL
O presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson | Foto: VALTER CAMPANATO/AGÊNCIA BRASIL | O presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson | Foto: VALTER CAMPANATO/AGÊNCIA BRASIL

Presidente do PTB, Roberto Jefferson, classifica como vergonha e escândalo qualquer possibilidade de Maia e Alcolumbre serem candidatos à reeleição

roberto jefferson - ptb - centrão - presidência da câmara
O presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson | Foto: VALTER CAMPANATO/AGÊNCIA BRASIL

O PTB ingressou nesta terça-feira, 4, com Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) no Supremo Tribunal Federal (STF) para evitar que os presidentes do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), e da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), sejam candidatos à reeleição em 2021.

As chances de Maia ser candidato são baixas, dizem aliados de Maia a Oeste. O demista sinaliza apoio às candidaturas de Baleia Rossi (MDB-SP), presidente do partido, e Marcos Pereira (Republicanos-SP), presidente da legenda. A possibilidade de reeleição de Alcolumbre, entretanto, é mais sólida.

Conforme Oeste mostrou anteriormente, Alcolumbre adota todos os movimentos possíveis para se reeleger. Sobretudo por acenos favoráveis ao governo. Por esse motivo, o PTB ingressou no STF para evitar esse movimento político. “Ao vedar a recondução para o mesmo cargo na eleição imediatamente subsequente, o objetivo do legislador constituinte é claro: evitar a reeleição e a perpetuação de um indivíduo no poder, em homenagem ao princípio republicano”, aponta trecho da ADI.

Vergonha

A Oeste, o presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, explica os motivos do partido. “É um escândalo, uma vergonha. Vamos entrar de maneira preventiva contra esse golpe. A nossa Constituição da República proíbe a reeleição de senador e deputado na mesma legislatura à chefia das mesas nas duas Casas”, declarou.

A regra é brigar judicialmente e impedir que isso ocorra. E Jefferson promete fazer tudo dentro da lei a todo custo. “Nós vamos embaraçar, vamos brigar, já judicializamos contra essa tentativa”, sustentou. O texto foi redigido por quatro advogados constitucionalistas.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

2 comentários

  1. Roberto Jefferson é um dos poucos que se levanta contra o conluio que tenta desconstruir a legitimidade de Bolsonaro no poder.
    Quer queiramos ou não, ele é um dos maiores defensores atuais da Democracia.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês