Quadrilha tinha informação privilegiada para assalto em Araçatuba, diz secretário

Segundo o coronel Alvaro Batista Camilo, os criminosos sabiam da quantidade de dinheiro disponível na agência do Banco do Brasil
-Publicidade-
Alvaro Batista Camilo é secretário de Segurança Pública de São Paulo
Alvaro Batista Camilo é secretário de Segurança Pública de São Paulo | Foto: Assembleia Legislativa de São Paulo

O secretário de Segurança Pública em exercício de São Paulo, coronel Alvaro Batista Camilo, disse que os criminosos que realizaram um megaassalto durante a madrugada desta segunda-feira, 30, em Araçatuba, no interior de São Paulo, tinham informações privilegiadas acerca do montante de dinheiro disponível na agência do Banco do Brasil.

“Os criminosos tiveram a informação privilegiada que o Setor de Retaguarda e Tesouraria [Seret] do Banco do Brasil possuía um volume financeiro grande; por isso, foram à cidade”, afirmou Camilo em entrevista à CNN Brasil. “Infelizmente, a segurança pública de São Paulo não tinha conhecimento de que havia grande montante financeiro na agência.”

De acordo com o secretário, a quadrilha agiu com base na informação privilegiada. “Outros casos semelhantes, ocorridos em Ourinhos e Botucatu [SP], também eram de tesouraria de banco que viria para ser distribuída”, observou. “Poucos funcionários têm acesso a essa informação, mas os criminosos a tinham, pois havia uma tesouraria desse tipo no Banco do Brasil.”

-Publicidade-

O ataque

Conforme noticiou Oeste, três pessoas morreram durante a ação dos assaltantes na cidade do interior paulista, sendo dois moradores e um bandido. A Polícia Civil conseguiu prender dois suspeitos de integrar a quadrilha.

Leia também: “‘Congresso tem culpa na ocorrência de Araçatuba’, diz Capitão Derrite”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro