“Quem comanda esse time aqui é o presidente Jair Bolsonaro”, diz Mandetta

Durante coletiva, o ministro da Saúde acena trégua com presidente da República e abre possibilidade para relaxamento de isolamento horizontal
-Publicidade-
Mandetta não acatou recomendação de entidade médica | Foto: Marcos Corrêa/PR
Mandetta não acatou recomendação de entidade médica | Foto: Marcos Corrêa/PR

Durante coletiva, o ministro da Saúde acena com trégua ao presidente da República e abre possibilidade para relaxamento do isolamento horizontal

Após uma série de idas e vindas, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, acenou nesta quarta-feira, 8, com uma trégua com o presidente da República, Jair Bolsonaro. Durante coletiva de imprensa, Mandetta afirmou: “Quem comanda esse time aqui é o presidente Jair Messias Bolsonaro”.

-Publicidade-

MAIS: Antes de reunião com Mandetta, Bolsonaro tentou reaproximação com Centrão

Na manhã desta quarta, Mandetta teve uma reunião com o presidente e, segundo interlocutores, ambos chegaram a um meio-termo na forma como o Ministério da Saúde conduzirá, a partir de agora, as políticas de contenção da covid-19. Os dois divergiam tanto em relação ao chamado isolamento vertical (destinado apenas ao grupo de risco) quanto à prescrição da cloroquina nos primeiros dias de tratamento. Bolsonaro é a favor de ambas as medidas; Mandetta, não.

Agora, Mandetta já autorizou discussões dentro do Ministério da Saúde sobre o uso da cloroquina e sinaliza com a possibilidade de flexibilizar o chamado isolamento horizontal. “O presidente é muito parceiro, muito voluntarioso. Vamos dar passos certos e juntos”, disse Mandetta durante a coletiva. Além disso, o ministro afirmou que, apesar das dificuldades de diálogo com o presidente, ambos “estão bem”.

REMÉDIO: Médico Roberto Kalil tomou cloroquina para tratar covid-19

Desde a semana passada, Bolsonaro vinha emitindo sinais de que poderia exonerar o ministro. A auxiliares, o presidente admitiu que Mandetta estava fora do governo. Entretanto, na última segunda-feira, 6, após forte pressão nas redes sociais e também da ala militar, o presidente resolveu manter Mandetta no cargo.

 

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

4 comments

  1. O Brasil tem dois inimigos poderosos: o vírus e o partido comunista chinês infiltrado em vários setores, incluindo a imprensa e o congresso nacional.

  2. Existe um conhecimento básico em tida estrutura organizacional, no jargão militar se diz: O comandante comanda os subordinados.
    O presidente eleito pelo voto democrático se chama Bolsonaro, que escolheu por critérios técnicos sua equipe de ministros, para conduzirem suas pastas de acordo com a visão do presidente e, conforme dia plataforma de governo, prometida na campanha eleitoral.
    Se algum subordinado discorda de alguma orientação, tem todo o direito de, num ambiente privado, conversar com o presidente, até que um entendimento ocorra. Mas sempre com a anuência do presidente.
    Se isso não ocorrer, o subordinado deve com o respeito que lhe cabe, pedir pra sair, sem exposição de nenhuma das partes.
    Acho que esse desenho é claro !

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site