Relator pede arquivamento de ação contra Eduardo Bolsonaro por fala sobre AI-5

Partidos alegam quebra de decoro e pedem a cassação do mandato do parlamentar
-Publicidade-
Eduardo Bolsonaro pode ter o mandato cassado
Eduardo Bolsonaro pode ter o mandato cassado | Foto: Reprodução/Mídias Sociais

O relator da representação contra o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) no Conselho de Ética da Câmara dos Deputados por declarações sobre a volta do AI-5 no Brasil votou nesta segunda-feira, 5, pelo arquivamento do processo contra o parlamentar. Na avaliação do deputado federal Igor Timo (Pode-MG), autor do parecer preliminar, não há justa causa para que o processo seja admitido. Por isso, a representação deve ser arquivada. Entretanto, parlamentares da oposição discordaram da decisão e pediram vista — ou seja, mais tempo para a análise do relatório. A ideia é apresentar parecer alternativo na sessão de quinta-feira 8, quando a análise deve ser retomada.

Leia também: “Câmara segue com processo contra Daniel Silveira”

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.