‘Rezo todo dia para acabar esse ano’, diz Lira

'Nós tínhamos crises de três em três meses, hoje nós temos crises semanais e temos que acostumar com elas', afirmou
-Publicidade-
Presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira | Foto: Zeca Ribeiro/Câmara dos Deputados
Presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira | Foto: Zeca Ribeiro/Câmara dos Deputados

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), disse nesta sexta-feira 26 que reza “todo dia” para que o ano acabe. Segundo ele, a todo momento é preciso “enfrentar uma crise diferente”.

“Todo dia eu rezo para acabar esse ano, porque a bateria vai diminuindo com o passar dos dias”, afirmou, em entrevista à Jovem Pan.

-Publicidade-

“Nós tínhamos crises de três em três meses, hoje nós temos crises semanais e temos que acostumar com elas, mas são absolutamente desnecessárias”, declarou.

Lira também falou sobre as emendas de relator, que estão suspensas pelo Supremo Tribunal Federal, e voltou a dizer que o apelido “orçamento secreto” é “injusto”.

Segundo o deputado, “a Câmara e o Senado são as instituições mais transparentes e acessíveis da República para a população”. “Não tem nenhum problema com transparência ou acesso de dados. Não temos nada a esconder em relação a isso”.

“Todos nós temos claro que essa adjetivação de ‘secreto’ é muito injusta. As emendas acontecem desde 1988 e ninguém nunca levantou polêmica sobre isso porque ninguém as conhecia”, prosseguiu Lira.

Na entrevista à Jovem Pan, Lira ainda tratou da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) dos Precatórios, que abre espaço no Orçamento para o pagamento do Auxílio Brasil, novo programa social do governo, que sucede o Bolsa Família.

O projeto, aprovado pela Câmara, ainda não foi apreciado pelo Senado. “O Senado tem a responsabilidade nas suas costas. A Câmara cumpriu seu papel, como sempre tem feito. Ela tem entregado as matérias de que o Brasil precisa”, disse.

“Não podemos desestabilizar mercado, dólar, bolsa, juros futuros, por uma politização de 2022”, prosseguiu o presidente da Câmara. “Confio que os senadores chegarão a um bom termo e votarão essa matéria no dia 30”.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

5 comentários Ver comentários

  1. Se eu fosse você não rezaria, não para acabar esse ano, pois acredito que 2022 será pior do jeito que as coisas andam.

  2. Taí uma coisa que eu não sabia: Que Lira é religioso a ponto de rezar todos os dias. Qual é a sua religião, Lira? Você é devoto de que santo, Lira? hehehehehe….

  3. Como é que é???? Nós tinhamos crises de 3 em 3 meses? Quando???? Se não me falha a memória isso só ocorreu antes do regime militar (as que ocorreram durante foram as provocadas pela esquerdalha maldita). Após os militares recomeçaram as crises que duraram 30 anos.
    Lira, você é mais um imbecil que temos que aturar.

  4. E os Brasil que presta reza todos os dias para que esse NInho de Ratos que você “preside” seja fechado. É incrível! Saiu o Nhonho e entrou outra besta quadrada.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.