Roberto Jefferson é transferido para Bangu 8 e passa por audiência de custódia

Ele ficará em isolamento por 14 dias em razão da pandemia da covid-19
-Publicidade-
Presidente do PTB, Roberto Jefferson | Foto: Weleson Nascimento/PTB Nacional
Presidente do PTB, Roberto Jefferson | Foto: Weleson Nascimento/PTB Nacional

O ex-deputado e presidente do PTB (Partido Trabalhista Brasileiro), Roberto Jefferson, foi transferido na noite de sexta-feira, 13, para o presídio Pedrolino Werling de Oliveira, conhecido como Bangu 8, no Rio de Janeiro. Segundo a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária, ele ficará em isolamento por 14 dias, como acontece com todos os presos, em razão da pandemia da covid-19.

“EXCLUSIVO: A última entrevista”, Roberto Jefferson conversou com Oeste na véspera de sua prisão

Jefferson passará por audiência de custódia neste sábado, 14. Esse é um procedimento determinado pelo Conselho Nacional de Justiça, em que o preso tem a oportunidade de conversar diretamente com um juiz e relatar se sofreu algum tipo de violência policial, o que pode até anular a prisão.

-Publicidade-

Leia mais: “PGR foi contra prisão de Jefferson, mas respondeu fora do prazo”

O ex-deputado foi preso na manhã de sexta-feira 13, na cidade de Comendador Levy Gasparian, a 130 km do Rio de Janeiro, por determinação de Alexandre de Moraes, ministro do Supremo Tribunal Federal. Ele é acusado de fazer parte de uma “milícia digital” que atua contra instituições e teria preparado ataques para minar as eleições de 2022.

 

 

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

7 comentários

    1. Concordo Antônio. A PF tem culpa nisso também. Se não me engano tem uma lei sobre funcionário público que permite que ele recuse ordem manifestamente ilegal. Como são todas as de ultimamente. São uns frouxos também.

    2. Concordo, todavia não podemos esquecer que dentro da PF, também tem os esquerdistas que dão sustentação aos absurdos do biltre Alexandre de Morais.

  1. Se fosse um traficante, assassino ou até mesmo um corrupto ligado claramente a esquerdalha, seria solto na famigerada audiência de custódia, mas……….

  2. Se quisermos resolver os problemas de vez, então devemos, conjunta ou alternativamente :

    1) Lutar pela realização de um Triplebiscito (candidaturas independentes, voto impresso e restringir os poderes do STF) -> youtu.be/uC8IraYgCCA

    2) Acabar com a “Ditadura do Supremo” -> youtu.be/NBTewR2z_30

    3) Ou, pelo menos, aprovar, via lei ordinária, uma Alternativa ao Voto Impresso-> youtu.be/ebVV0EldkOY

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro