Secretária do Ministério da Saúde depõe hoje na CPI da Covid

Médica Mayra Pinheiro defende o uso da cloroquina no enfrentamento do coronavírus
-Publicidade-
A secretária de Gestão do Trabalho e da Educação em Saúde, Mayra Pinheiro | Foto: Anderson Riedel/PR
A secretária de Gestão do Trabalho e da Educação em Saúde, Mayra Pinheiro | Foto: Anderson Riedel/PR

Mayra Pinheiro, médica e secretária de Gestão do Trabalho e da Educação do Ministério da Saúde, presta depoimento nesta terça-feira, 25, na Comissão Parlamentar de Inquérito da Covid-19. Conhecida nas redes sociais como “Capitã Cloroquina”, Pinheiro defende o uso do medicamento no enfrentamento do coronavírus. Pedidos de mais informações sobre a compra e distribuição da droga estão na lista de perguntas da esquerda, além de outros questionamentos: 1) por que a secretária estimulou o uso da terapêutica preventiva de modo a combater o colapso na saúde de Manaus; 2) quando o Palácio do Planalto foi informado sobre a ocorrência de falta de oxigênio na capital do Amazonas; 3) como funciona o aplicativo TrateCov e quais providências Pinheiro tomou após o ataque hacker à plataforma.

O depoimento da secretária é o nono até o momento. A CPI já colheu testemunhos de todos os ex-ministros da Saúde do governo Bolsonaro; o atual, Marcelo Queiroga; o ex-ministro das Relações Exteriores Ernesto Araújo; o ex-secretário de Comunicação da Presidência Fabio Wajngarten; o presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, Antônio Barra Torres; e o gerente-geral da Pfizer na América Latina, Carlos Murillo. Por ora, a presidência da CPI não convocou nenhum governador ou prefeito, com a finalidade de se prestar esclarecimentos acerca de verbas voltadas à luta contra a covid-19, e que foram desviadas nos Estados e municípios. Conhecido como Covidão, o caso envolve dispensa de processo de licitação, compra superfaturada de produtos de saúde e equipamentos, como respiradores.

-Publicidade-

Leia também: “A solução que venceu a ideologia”, reportagem publicada na Edição 3 da Revista Oeste

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

2 comments

  1. Todo meu respeito e admiração à Dra Nayra Pinheiro. Ela é muito preparada, se expressa muito bem e tem conhecimento CIENTÍFICO SOBRE O TRATAMENTO PRECOCE.
    Os MÉDICOS PELA VIDA têm muito respeito por ela.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site