Secretário de Doria não descarta toque de recolher

Medida seria para impedir o aumento de casos de coronavírus
-Publicidade-
Secretário de Doria, Marco Vinholi também defendeu "medidas adicionais" a cidades no entorno de Araraquara
Secretário de Doria, Marco Vinholi também defendeu "medidas adicionais" a cidades no entorno de Araraquara | Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

O secretário estadual de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, afirmou nesta quarta-feira, 24, que o toque de recolher no Estado de São Paulo não é carta fora do baralho. “A possibilidade está em discussão”, declarou à rádio Jovem Pan, ao destacar o aumento de casos de coronavírus. “O Centro de Contingência da Covid-19 está avaliando a medida. Estamos buscando, de forma equilibrada, reduzir os casos de internação”, acrescentou Vinholi. Segundo ele, também são necessárias “medidas adicionais” a cidades no entorno de Araraquara, no interior, que identificou variantes do vírus chinês e está em lockdown. Doria estuda impedir as pessoas de circular nas ruas, entre as 22 horas e as 6 da manhã. Nos fins de semana, a ideia é ampliar o “toque de recolher” em ao menos uma hora, das 21 às 6 horas.

Leia também: “Perdendo a paciência”, artigo de Augusto Nunes e Silvio Navarro publicado na Edição 41 da Revista Oeste

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.