Sem-terra que invadiram o Ministério da Agricultura são detidos em Brasília

Um ônibus com 50 militantes do Piauí foi parar na sede da Polícia Federal do estado A Polícia Federal (PF) deteve na capital do Distrito Federal, na manhã desta segunda-feira,…
-Publicidade-

Um ônibus com 50 militantes do Piauí foi parar na sede da Polícia Federal do estado

A Polícia Federal (PF) deteve na capital do Distrito Federal, na manhã desta segunda-feira, 9, um ônibus com militantes do MST (Movimento dos Trabalhadores Sem-Terra). A informação é do líder do PT na Câmara, deputado Paulo Pimenta, ao deixar de mencionar que os sem-terra invadiram a sede do Ministério da Agricultura, em Brasília.

O veículo, abordado por agentes de segurança, foi levado para a Superintendência da PF no Distrito Federal. O grupo se defende e afirma que “ocupou” o prédio na Praça dos Três Poderes em protesto contra liberação de agrotóxicos. Lideranças do Partido dos Trabalhadores estiveram no local.

-Publicidade-

De acordo com Pimenta, “mulheres do MST fizeram um ato no Ministério da Agricultura de denúncia contra as políticas do governo Bolsonaro”.

Confira algumas imagens do “ato” compartilhadas numa rede social

https://twitter.com/MarcosAugustoDF/status/1237058159128305666

 

Paulo Pimenta afirma que, ao fim da manifestação, uma advogada foi detida, além do ônibus carregado com cerca de 50 militantes do Piauí.

O político diz que não houve explicações da Polícia Federal. “É claramente um ato de intimidação contra quem apoia o movimento e contra quem luta”, concluiu Pimenta.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.