Sempre que estende a mão a Lula, FHC leva um carrinho por trás

Faz quase 20 anos que o tucano trata como um viveiro de delinquentes juvenis recuperáveis o bando que nele enxerga seu Grande Satã
-Publicidade-
Os militantes tucanos são especialistas em rendição sem combate
Os militantes tucanos são especialistas em rendição sem combate | Foto: Reprodução/Mídias Sociais

O pacto recentemente firmado entre os ex-presidentes Lula e Fernando Henrique Cardoso foi o tema do mais recente artigo do jornalista Augusto Nunes publicado na Revista Oeste. O colunista lembra da civilidade com que FHC sempre dispôs aos adversários. “Faz quase 20 anos que Fernando Henrique trata como um viveiro de delinquentes juvenis perfeitamente recuperáveis o bando que nele enxerga seu Grande Satã”, escreveu Augusto. Leis os trechos que constatam as afirmações registradas no texto:

1) “Lula encomendou a Dilma e a Erenice Guerra algum truque diversionista que reduzisse o imenso buquê de holofotes que clareavam o escândalo da gastança com cartões corporativos do governo federal. (O ministro Orlando Silva, por exemplo, usara o dele até para comprar tapiocas vendidas por menos de dez reais.) Submissas, as duas amigas produziram um papelório abjeto que tentava transformar Fernando Henrique e Ruth Cardoso em perdulários incuráveis, decididos a torrar o dinheiro da nação em vinhos caros e futilidades gastronômicas inacessíveis a 99% dos brasileiros.”

2) “‘Peço a vocês que comparem o Lula e o Fernando Henrique’, berrava a candidata que se tornaria a pior governante de todos os tempos. ‘O Lula ganha de 400 a 0.’ Alguém no PSDB poderia ter sugerido que se comparasse Dilma Rousseff a Ruth Cardoso. A cabeça habitada por um neurônio solitário decerto descobriria como se sentiram os jogadores da seleção brasileira naquele 7 a 1 contra a Alemanha na Copa de 2014. E aprenderia que ainda assim saíra no lucro: para quem enxerga por trás de uma criança um cachorro oculto, perder para Ruth Cardoso por 400 a 0 é pouco.”

-Publicidade-

3) “Os militantes tucanos são especialistas em rendição sem combate, e o presidente de honra do partido prefere acreditar que é possível dançar minueto com quem nunca foi além do axé, ou conversar em francês com quem trata o português a socos e pontapés. Faz quase 20 anos que Fernando Henrique trata como um viveiro de delinquentes juvenis perfeitamente recuperáveis o bando que nele enxerga seu Grande Satã. Vive levando um carrinho por trás quando ainda está com a mão estendida.”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

6 comentários

  1. Mesmo assim, fico imaginando a figura do FHC com as roupas da época setecentista (século XVIII) e com aquelas perucas estilo rococó, dançando o minueto com o marginal Nove Dedos… é surreal.

  2. Chapéu de otário é marreta! Para quem falo isso? Para os milhões de idiotizados que ainda acreditam nesses dois escroques, mesmo tomando na toba toda vez que manifestam isso.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site