Senado aprova acordo entre Brasil e Israel assinado por Bolsonaro

Acordo terá efeito por cinco anos e poderá ser prorrogado por igual período
-Publicidade-
Plenário do Senado Federal | Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado
Plenário do Senado Federal | Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado

Em votação simbólica, o plenário do Senado aprovou nesta terça-feira, 29, um acordo entre Brasil e Israel sobre cooperação em questões relacionadas à Defesa, assinado em Jerusalém, em 2019.

A proposta foi encaminhada à Câmara dos Deputados pelo governo federal e aprovada na Casa em dezembro do ano passado. Agora, o texto vai à promulgação do Congresso.

-Publicidade-

O acordo terá ênfase no intercâmbio de tecnologias, treinamento e educação em questões militares. O texto ainda prioriza a colaboração em sistemas e produtos de defesa.

O tratado busca também promover cooperação na aquisição, pesquisa e desenvolvimento, apoio logístico e mobilização, assim como a troca de conhecimentos e experiências nas áreas operacional, científica e tecnológica.

O texto prevê ainda que as partes deverão encorajar sua indústria de Defesa a pesquisar projetos e equipamentos de interesse mútuo, com a finalidade de produção e comercialização.

O acordo entre Brasil e Israel terá efeito por cinco anos e poderá ser prorrogado por igual período, desde que haja entendimento entre as partes.

A senadora Soraya Thronicke (União Brasil-MS) destacou em seu parecer que o tratado, composto de dez artigos, pretende estreitar as relações bilaterais entre Brasil e Israel.

“O acordo permite aos dois países se beneficiarem de projetos de interesse mútuo, intercambiar tecnologias, treinamento e educação não só em entidades governamentais, mas também privadas”, declarou.

Ela também destacou que o tratado facilita as iniciativas comerciais relacionadas a material e serviços de defesa, aplicação de novas tecnologias, trocas de know-how e estímulo a licenças e royalties.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

2 comentários Ver comentários

  1. Isso!!! Fiquei surpresa com a relação de remédios do nosso dia a dia, desenvolvido pelos israelenses. Achava que eram americanos,ou , alemães…. A lista é grande.

  2. Excelente acordo entre os dois grandes países. Eu penso que seria bom o Brasil fazer um acordo geral com o Japão, país que trouxe grande progresso ao Brasil, quando os imigrantes japoneses vieram para cá. A nossa agricultura melhorou muito, e outros setores da economia, também. É excelente, ver o país fazendo acordos com quem pode nos ajudar a crescer.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.