Senado aprova recondução de Augusto Aras para a PGR

Procurador-geral da República ficará mais dois anos à frente do Ministério Público Federal
-Publicidade-
Procurador-geral da República, Augusto Aras | Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado
Procurador-geral da República, Augusto Aras | Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

Por 55 a 10, o plenário do Senado aprovou nesta terça-feira, 24, a recondução do procurador-geral da República, Augusto Aras, para o cargo. Ele precisava de, pelo menos, 41 votos, maioria absoluta.

Mais cedo, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa já havia dado sinal verde para a indicação do presidente Jair Bolsonaro. No cargo desde setembro de 2019, Aras ficará mais dois anos à frente do Ministério Público Federal (MPF).

Leia mais: “Senadores da CPI da Covid fazem ‘visita de solidariedade’ a Alexandre de Moraes”

-Publicidade-

Na sabatina na CCJ, Aras negou ter se alinhado a Bolsonaro e afirmou que tomou uma série de decisões que não foram necessariamente conforme a vontade do governo, mas de acordo com a Constituição.

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

3 comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro