-Publicidade-

RJ terá novo senador a partir da próxima semana

Posse ocorre após a morte de Arolde de Oliveira
Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado
Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado | carlos francisco portinho no senado

Posse ocorre após a morte de Arolde de Oliveira

carlos francisco portinho no senado
Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

Confirmado. Eleito primeiro-suplente em 2018 na chapa encabeçada por Arolde de Oliveira, Carlos Francisco Portinho assumirá a função de senador pelo Estado do Rio de Janeiro. A posse dele será realizada em solenidade virtual programada para a tarde da próxima terça-feira, 3.

Leia mais: “Aécio reaparece e propõe punir quem não se vacinar”

Filiado ao PSD, Portinho terá a responsabilidade de substituir um colega do mesmo partido. Isso porque ele chega ao Senado por causa da morte de Arolde, que aos 83 anos foi vítima de falência múltipla dos órgãos na última semana, conforme registrou Oeste.

Com a morte do titular, Portinho declarou que estava “consternado e triste”. Apesar do luto, ele confirmou que aceitará assumir o mandato no Congresso Nacional. De acordo com a legislação eleitoral, ele teria 30 dias corridos (no caso, até 30 de novembro) para aceitar o mandato de senador. Caso rejeitasse, a função ficaria com a segunda-suplente da coligação que elegeu Arolde de Oliveira no pleito de dois anos atrás: Renata Guerra (PSD).

O novo senador

A ida para o Senado Federal fará com Carlos Francisco Portinho estreie no Poder Legislativo. Aos 47 anos de idade, ele é advogado com especialização em direito esportivo. Além de atuar em clubes de futebol, chegando a ser vice-presidente jurídico do Flamengo, ele tem experiência política em cargos do Executivo. Foi secretário do Meio Ambiente do Estado do Rio de Janeiro e secretário carioca de Habitação.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

2 comentários

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês