Senador afirma que é hora de CPI da Covid mirar a artilharia nos Estados

'Precisamos, agora, ir um pouco além. Os documentos estão chegando. Temos de seguir o caminho do dinheiro', disse Marcos Rogério
-Publicidade-
O senador Marcos Rogério, aliado de Bolsonaro
O senador Marcos Rogério, aliado de Bolsonaro | Foto: Pedro França/Agência Senado

O senador Marcos Rogério (DEM-RO), da base aliada do presidente Jair Bolsonaro, defendeu a mudança de foco nas apurações da Comissão Parlamentar de Inquérito da Covid-19. Segundo ele, até o momento, foram ouvidas apenas testemunhas escolhidas pela oposição, com a finalidade de prejudicar o governo federal. “Estamos vendo uma tentativa de obstruir os trabalhos reais desta CPI. Em vez de buscar ouvir os homens públicos que receberam milhões de reais [para o enfrentamento do coronavírus], estão querendo pessoalizar cada vez mais as investigações”, declarou o congressista, nesta terça-feira, 11.

“É preciso, agora, ir um pouco além. Os documentos estão chegando. Temos de seguir o caminho do dinheiro. É preciso olhar para os indícios das operações nos Estados. Está claro que a intenção da oposição é acobertar os casos de corrupção. Enquanto isso, ficam falando de cloroquina. E a corrupção? E a roubalheira? Isso nos interessa também”, acrescentou Rogério, ao mencionar que é desnecessária a reconvocação do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, para novo depoimento. Esquerdistas querem chamar novamente o integrante do Executivo porque as falas dele foram consideradas evasivas.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.