Senador afirma que tratamento precoce poderia diminuir número de mortes por covid-19

Segundo Luis Carlos Heinze (PP-RS), a ‘criminalização’ do procedimento prejudicou o combate à doença
-Publicidade-
Luis Carlos Heinze participou de <i>Os Pingos nos Is</i>, da rádio Jovem Pan
Luis Carlos Heinze participou de Os Pingos nos Is, da rádio Jovem Pan | Foto: Reprodução/YouTube

O senador Luis Carlos Heinze (PP-RS) afirmou nesta terça-feira, 25, que o número de mortes por covid-19 no Brasil poderia ser inferior ao atualmente registrado — caso o tratamento precoce não tivesse sido criminalizado por setores da imprensa e da política. “Nós poderíamos ter a metade do número de mortos pela doença”, observou o senador. “O tratamento precoce está dando certo em vários países, inclusive no Brasil. Muitas cidades brasileiras seguem esse procedimento.”

De acordo com o parlamentar, os Estados que adotam o tratamento precoce no enfrentamento da covid-19 têm índice de mortalidade inferior ao dos que não aderem ao procedimento. “Analisei os dados de 40 municípios e verifiquei que a letalidade nessas regiões gira em torno de 1,4, ao passo que a letalidade no Brasil, atualmente, é 2,8”, afirmou Heinze, durante o programa Os Pingos nos Is, da rádio Jovem Pan. “As pesquisas contra o tratamento precoce têm dados fraudulentos”, concluiu o senador.

Leia também: “Covid-19: Hemorio estuda tratamento com plasma de vacinados”

-Publicidade-
Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

8 comentários

  1. Como é covarde o comportamento dos senadores antidemocráticos da esquerda. Tentam colar uma narrativa distorcida da realidade. Parabéns, para o senador Heinze.

  2. ESSA CRIMINALIZAÇÃO É ORQUESTRADA E PARECE QUE TEM INTERESSES ESCUSOS POR TRAZ. SE O TRATAMENTO PRECOCE FOSSE IMPLANTADO, ALÉM DE REDUZIR O NÚMERO DE MORTES, DIMINUIRIA E MUITO, AS FRAUDES MILIONÁRIAS QUE OCORRERAM.

  3. Ele está totalmente certo, se todas cidades do Brasil tivessem usado o protocolo de Porto Seguro teríamos evitado pelo menos 180 mil mortes, eu culpo a esquerda e uma parte da mídia por estas mortes , pelo que todos sabem o Bolsonaro sempre foi a favor desse tratamento, na realidade ele tentou salvar vidas.

    1. A conta exata seria esta: Porto Seguro 55 mortes por 50 mil habitantes- Brasil 112 mortes por 50 mil habitantes- diferença de mortes a mais no Brasil 57 mortes- multiplicando para os 220 milhões de habitantes- daria exatamente 228 mil mortes a mais por não ter usado o protocolo da Dra Raissa.

  4. Quanto a isso é inegável, só negam os corruptos que se beneficiam com o sistema de internações hospitalares e os absolutamente desajustados pela “educação” freiriana!

  5. Desde quando as coisas neste país encontram-se tão invertidas? São políticos que recebem para roubar, permanecerem imunes e ainda se meter em medicina, quando nem mesmo sabem quais os países que fazem fronteira com o país. Felizmente temos políticos e repórteres que ainda têm consciência de suas responsabilidades. Parabéns e continue firme, tem o nosso apoio! Meus alunos pedem minha opinião de até quando irá a pandemia e respondo com tristeza: no Brasil, até o final de 2022; até lá sempre existirão pessoas torcendo contra, tentando afundar o país.

  6. O senador Luis Carlos Heinze é daquelas pessoas que fazem acreditar que ainda há políticos honestos neste país. Está de parabéns, ao contrário daqueles que fazem
    palanque político com a pandemia, como lamentavelmente temos assistido! Na sessão de ontem, dia 25/05, a médica pediatra Mayra disse, com todas as letras que 22 (VINTE E DUAS) !!! pessoas morreram em Manaus, em janeiro/21, por terem recebido CLOROQUINA quando já estavam HOSPITALIZADAS e, EM DOSE QUATRO VEZES MAIOR que a RECOMENDADA !!! ESTRANHAMENTE, não mais que ESTRANHAMENTE, NENHUM dos parlamentares da oposição, ou o PRESIDENTE DA COMISSÃO, ou o VICE PRESIDENTE ou o RELATOR NADA PERGUNTARAM a respeito, deixando de fazer questionamentos importantes para o esclarecimento dessa situação ao cidadão contribuinte !!!???? COM O PERGUNTAR NÃO OFENDE, pergunta-se: ESQUECERAM DE LEMBRAR ou LEMBRARAM DE ESQUECER??????

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site