Senador flagrado com dinheiro na cueca pode retornar nesta semana

Após repercussão, o ex-vice-líder do governo pediu licença de 121 dias
-Publicidade-
Senador Chico Rodrigues
Senador Chico Rodrigues | Foto: Jane de Aráujo/Agência Senado

O senador Chico Rodrigues (DEM-RR), que foi pego com R$ 33 mil na cueca em uma operação da Polícia Federal em outubro de 2020, deve retomar o mandato na quarta-feira 17.

Após a repercussão, o ex-vice-líder do governo pediu licença de 121 dias. Ele é investigado por desviar recursos que seriam destinados para o combate da covid-19 em Roraima.

Leia mais: “Procurador diz que Gilmar Mendes não tem isenção para julgar Moro”

-Publicidade-

Ainda não há confirmação se ele voltará ao posto, caso não retome suas funções, deverá pedir nova licença ao presidente da Casa, Rodrigo Pacheco (DEM-MG).

Na ocasião, advogados do senador emitiram uma nota afirmando que o dinheiro tinha origem lícita e seria destinado para o pagamento de funcionários.

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site