‘Será uma disputa sem fraturas’, diz Doria ao se inscrever em prévias do PSDB

Disputa interna que escolherá o candidato tucano ao Planalto em 2022 está marcada para o dia 21 de novembro
-Publicidade-
João Doria, governador de São Paulo, se inscreveu nas prévias do PSDB
João Doria, governador de São Paulo, se inscreveu nas prévias do PSDB | Foto: Reprodução/Redes sociais

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), agora é oficialmente pré-candidato do partido à Presidência da República. O tucano se inscreveu nas prévias da legenda nesta segunda-feira, 20, e negou que a agremiação esteja “rachada” em função da disputa interna.

Além de Doria, o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, também é postulante à indicação do PSDB para o Palácio do Planalto. O ex-prefeito de Manaus Arthur Virgílio (AM) e o senador Tasso Jereissati (CE) chegaram a apresentar seus nomes, mas podem desistir.

Leia mais: “PSDB do Paraná apoia Eduardo Leite na disputa pelo Planalto”

-Publicidade-

“Não há sensação de democracia, há exercício. Não há racha nem divisão do partido, mas uma disputa saudável. Será uma disputa sem fraturas. Foi assim em 2016, em 2018 e será assim em 2022”, afirmou Doria ao confirmar a pré-candidatura. “Esse processo democrático, só o PSDB está fazendo no país. Isso é respeito à democracia, respeito à dignidade e ao país.”

A confirmação da entrada de Doria na disputa tucana foi feita em Brasília. O governador de São Paulo deve receber o apoio do diretório do PSDB no Distrito Federal. Até o momento, ele já conta com a chancela dos diretórios de São Paulo, do Acre e do Pará.

Leia também: “Doria participa de aglomeração em evento pré-campanha para 2022”

Doria divulgou ainda uma carta aberta aos filiados do partido e se definiu como “filho das prévias”. O governador paulista também defendeu o legado do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB), que governou o país entre 1995 e 2002 e já declarou apoio à sua pré-candidatura.

“Nos orgulhamos dos oito anos de governo FHC, da consolidação do Plano Real, da Lei de Responsabilidade Fiscal”, escreveu Doria no documento. “O nosso projeto de país baseia-se na pacificação nacional e em pilares sólidos: proteção aos mais vulneráveis, geração de empregos e distribuição de renda.”

As prévias do PSDB estão marcadas para o dia 21 de novembro.

Leia também: “Em derrota para Doria, PSDB de Minas quer Eduardo Leite na disputa pelo Planalto”

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.