Sindicatos rurais farão atos contra STF e pró-Bolsonaro

Organizadores afirmam ter o apoio de mais de 100 sindicatos rurais
-Publicidade-
Presidente da República, Jair Bolsonaro | Foto: Alan Santos/PR
Presidente da República, Jair Bolsonaro | Foto: Alan Santos/PR

Entidades de produtores rurais nos Estados organizam para 15 de maio atos de apoio ao presidente Jair Bolsonaro, contra o Supremo Tribunal Federal e pelo fim das medidas de isolamento social adotadas por governadores e prefeitos.

Segundo o jornal O Estado de S. Paulo, os organizadores afirmam ter o apoio de mais de 100 sindicatos rurais e pretendem mobilizar manifestantes para se concentrar na Granja do Torto, em Brasília, uma das residências oficiais da Presidência da República.

Leia mais: “Defensor do lockdown, FHC admite que é hora de reabrir a economia”

-Publicidade-

Os eventos têm como principais articuladores a Associação Brasileira dos Produtores de Soja (Aprosoja Brasil), a Associação Nacional de Defesa dos Agricultores, Pecuaristas e Produtores da Terra (Andaterra) e a Associação dos Cafeicultores do Brasil (Sincal).

“Respeito à liberdade do povo, fim das políticas de lockdown, eleições com voto auditável. Essas são as pautas que o Movimento Brasil Verde e Amarelo, o agro e o povo pela democracia defenderão durante a manifestação do dia 15 de maio, em Brasília e nas principais capitais e cidades do país”, disse a presidente da Comissão de Agricultura, deputada Aline Sleutjes (PLS-PR), nas redes sociais.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

3 comentários Ver comentários

  1. Vamos separar as coisas: sindicatos patronais dos sindicatos de empregados. Não existe greve ou chantagem no primeiro. E, por outro lado, não existe mais a contribuição sindical compulsória. Assim sendo, só vão sobreviver os sindicatos realmente organizados e representativos.

  2. AVANTE BRASIL!!! VAMOS SEGUIR O EXEMPLO DE SÃO SALVADOR, CUJO PRESIDENTE DESTITUIU TODOS OS INTEGRANTES DO SUPERIOR TRIBUNAL, ALÉM DO PROCURADOR GERAL E NOMEOU, IMEDIATAMENTE, NOVOS INTEGRANTES!!! ISSO É LEGALMENTE POSSÍVEL TAMBÉM AQUI NO BRASIL, POIS OS INTEGRANTES DO SUPREMO EXERCEM “FUNÇÕES DE CONFIANÇA”, BEM COMO O PROCURADOR GERAL, QUE PODEM, E SABEM DISSO, SER DEMITIDOS “AD NUTUM”, OU SEJA, DE IMEDIATO!!!

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.