-Publicidade-

STF permite que empreiteiras da Lava Jato participem de licitações

Segunda Turma julgou recursos das construtoras Andrade Gutierrez, Artec, UTC Engenharia e Queiroz Galvão
Magistrados seguiram Gilmar Mendes
Magistrados seguiram Gilmar Mendes | Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Construturas investigadas na Operação Lava Jato poderão participar de licitações públicas. É o que estabeleceu a Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF). Na terça-feira 30, a Corte julgou os recursos das empreiteiras Andrade Gutierrez, Artec, UTC Engenharia e Queiroz Galvão contra entendimentos do Tribunal de Contas da União (TCU). O órgão havia impedido as companhias de firmarem negócios com a administração pública em razão de fraudes cometidas nos governos do PT. Os magistrados do colegiado mantiveram a decisão do ministro Gilmar Mendes. Para o juiz do STF, a ordem do TCU desestimularia empresas na mira da Justiça a firmarem colaborações com as autoridades.

Leia também: “O dono do Supremo”, artigo de J.R. Guzzo publicado na Edição 53 da Revista Oeste

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.