STF tira site do ar após ‘acesso fora do padrão’

Informações preliminares apontam que somente dados públicos foram acessados, sem comprometimento de dados sigilosos
-Publicidade-
Fachada do STF em Brasília | Foto: Fellipe Sampaio/SCO/STF
Fachada do STF em Brasília | Foto: Fellipe Sampaio/SCO/STF

O Supremo Tribunal Federal informou nesta sexta-feira, 7, que após identificar um “acesso fora do padrão” decidiu retirar o seu site do ar para usuários externos e iniciou análises. O caso está sob a apuração sigilosa das autoridades competentes. A equipe técnica trabalha para retomada gradual dos serviços, o que deve ocorrer ainda hoje.

O acesso fora do padrão foi identificado e contido na quinta-feira 6 enquanto ainda estava em andamento e, segundo informações preliminares, somente dados públicos ou de características técnicas do ambiente foram acessados, sem comprometimento de informações sigilosas.

Leia mais: “AGU recorre após Marco Aurélio Mello determinar Censo”

-Publicidade-

Em nota, o Supremo afirmou que todos os sistemas que garantem a atuação jurisdicional, como peticionamento eletrônico, seguiram funcionando adequadamente, sem a necessidade de desligamento.

A Corte explica que, recentemente, tem experimentado um aumento expressivo na quantidade de acessos no portal por meio de “robôs” adotados por empresas, entidades e outros profissionais ligados ao direito que capturam dados públicos, como andamento processual e jurisprudência, para uso lícito.

Nos casos em que os sistemas do Tribunal não identificam de imediato se a alta quantidade de acessos é oriunda de um “robô do bem” ou de um hacker com intenções ilícitas, medidas são adotadas para reforço da segurança de suas portas de entradas. No episódio desta quinta, segundo as informações já depuradas, o acesso não teve intuito de “sequestro” de ambiente, mas apenas de obtenção de dados.

Tela ao acessar site do STF | Foto: Reprodução
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário Ver comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.