STF volta a proibir venda de bebidas após às 20h em SP

Corte torna válido decreto de João Doria contra bares e restaurantes
-Publicidade-
Bebidas alcoólicas em SP: venda proibida, mas somente após às 20h | Foto: Canva
Bebidas alcoólicas em SP: venda proibida, mas somente após às 20h | Foto: Canva | stf - bebida - bebidas alcoólicas - stf - joão doria

Corte torna válido decreto de João Doria contra bares e restaurantes

stf - bebida - bebidas alcoólicas - stf - joão doria
Bebidas alcoólicas em SP: venda proibida, mas somente após às 20h | Foto: Canva
-Publicidade-

Bares e restaurantes espalhados por todo o Estado de São Paulo estão mais uma vez proibidos de vender bebidas alcoólicas após às 20h. Isso porque o Supremo Tribunal Federal (STF) anulou na tarde desta quinta-feira, 17, decisão tomada pelo Tribunal de Justiça (TJ) paulista contra decreto do governador João Doria (PSDB).

Leia mais: “Lava Jato: STF arquiva investigação contra ex-presidente do Senado”

A decisão que afeta diretamente o funcionamento noturno de estabelecimentos alimentícios se deu de modo monocrático pelo presidente do STF, Luiz Fux. O ministro atendeu ao pedido feito pela Procuradoria-Geral do Estado de São Paulo. O órgão acionou o Supremo após o TJ conceder liminar em favor da Associação de Bares e Restaurantes (Abrasel).

Com a decisão vinda do STF, volta a valer integralmente a atual estratégia definida por Doria na tentativa de se combater a disseminação de covid-19 em São Paulo. Dessa forma, bares e restaurantes têm permissão para permanecerem abertos até às 22h, mas sendo proibidos de fornecer bebidas alcoólicas aos clientes ao decorrer das últimas duras horas em funcionamento.

___________________

Receba os principais destaque do site da Revista Oeste diretamente na tela do seu aparelho celular. Clique aqui, siga os passos indicados e faça parte da lista da transmissão no WhatsApp.

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

3 comments

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site