Tasso Jereissati se afasta do Senado por 120 dias

Cearense vai ajudar o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, nas prévias do PSDB para a Presidência da República
-Publicidade-
Chiquinho Feitosa e Tasso Jereissati | Foto: Reprodução/Redes sociais
Chiquinho Feitosa e Tasso Jereissati | Foto: Reprodução/Redes sociais

O senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) decidiu se licenciar por 120 dias para acompanhar o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, na disputa pelas prévias do PSDB que escolherá, em 21 de novembro, o candidato do partido à Presidência da República.

O cearense chegou a entrar no páreo, mas desistiu da disputa. O principal adversário de Leite nas prévias é o governador de São Paulo, João Doria. O ex-prefeito de Manaus Artur Virgílio também concorre, mas corre por fora.

-Publicidade-

Durante a licença de Tasso Jereissati, assumirá como senador o seu primeiro suplente, Chiquinho Feitosa (DEM-CE), que toma posse nesta quarta-feira, 3. Ele exercerá o cargo até o final de fevereiro de 2022, quando o tucano deve retornar.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.