TCU julga improcedente acusação contra fabricante de hidroxicloroquina

Corte anulou pedidos de inquéritos por supostas irregularidades em empréstimo feito através do BNDES
-Publicidade-
O relator das ações no TCU foi o ministro Jorge Oliveira
O relator das ações no TCU foi o ministro Jorge Oliveira | Foto: Divulgação/EMS

Dois pedidos de investigação contra a Apsen Farmacêutica, fabricante de hidroxicloroquina, foram anulados pelo Tribunal de Contas da União (TCU). Em 2020, o laboratório recebeu R$ 154 milhões do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), com a finalidade de se debruçar sobre pesquisas acerca do medicamento.

A investida contra a Apsen se deu em abril deste ano. Na ocasião, o subprocurador-geral do Ministério Público Federal junto ao TCU Lucas Furtado e a deputada Sâmia Bomfim (Psol-SP) solicitaram a abertura de inquéritos contra a empresa. A quantia solicitada pela Apsen se deu em 2019. Portanto, antes da pandemia de coronavírus.

O relator das ações no TCU foi o ministro Jorge Oliveira, que as julgou improcedente em 21 de julho. Segundo a decisão de Oliveira, “as supostas irregularidades na contratação de crédito pela empresa Apsen em 2020 não se verificaram”. O BNDES informou que a quantia enviada à companhia destinou-se a estudos e à ampliação de produção, de modo geral.

-Publicidade-

Leia também: “A solução que venceu a ideologia”, reportagem publicada na Edição 3 da Revista Oeste

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

5 comentários

  1. Porque não investigam também os governadores e prefeitos? A população pede investigações, mas na minha opinião, os deputados se blindam em troca de favores, enquanto isso o povo paga a conta da farra dessa casta.

  2. Bem que podiam aproveitar a deixa e pedir uma investigação junto ao BNDES quanto aos bilhões enviados às ditaduras amigas do PT, PSOL, PCdoB etc, ai não pode, deixa quieto né.

  3. subprocurador-geral do Ministério Público Federal junto ao TCU Lucas Furtado e a deputada Sâmia Bomfim (Psol-SP) – integrantes da Justiça Brasileira juntamente com Comunistas aloprados de plantão…são a desgraça dessa nação…Eles comungam do mesmo principio, a instalação do Caos geral no solo Brasileiro.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro