Toffoli rejeita pedido de procuradores do MPF contra Aras

Grupo acusava o procurador-geral da República de 'blindar' o presidente Jair Bolsonaro
-Publicidade-
'Tem-se meras ilações', argumentou Toffoli, ao invalidar o pedido
'Tem-se meras ilações', argumentou Toffoli, ao invalidar o pedido | Foto: Nelson Jr./SCO/STF

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Dias Toffoli negou nesta terça-feira, 24, o prosseguimento de uma ação movida por membros do Conselho Superior do Ministério Público contra o procurador-geral da República (PGR), Augusto Aras. A Comissão de Constituição e Justiça do Senado deve aprovar hoje a recondução de Aras à PGR.

Na ação, o grupo de procuradores afirma que houve irregularidades na tramitação de um processo que acusa Aras e seu vice, Humberto Medeiros, de se omitirem de investigar o presidente Jair Bolsonaro. A representação foi entregue ao Conselho Superior do Ministério Público Federal em 9 de agosto.

-Publicidade-

“Tem-se meras ilações”, argumentou Toffoli, ao invalidar o pedido. “Não se verificando na espécie nenhuma ilegalidade ou abuso de poder.”

Telegram
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro