Três siglas do Centrão se articulam para criar o maior partido do Congresso

A nova legenda terá o comando dividido entre os presidentes do PSL, DEM e PP
-Publicidade-
O palácio do Congresso Nacional
O palácio do Congresso Nacional | Foto: Pedro França/Agência Senado

PSL, DEM e PP negociam uma fusão para criar um partido. Juntas, as três siglas têm 121 deputados federais e 15 senadores, números que formariam a maior bancada do congresso. O grupo terá o comando dividido entre os três presidentes das legendas. A presidência ficará com o deputado Luciano Bivar (PSL-PE), a vice-presidência com o ex-prefeito de Salvador ACM Neto (DEM-BA) e a secretaria-geral com o senador Ciro Nogueira (PP-PI) — político recentemente cotado para assumir a Casa Civil.

De acordo com o site Poder360, as negociações estão na fase final e o novo partido deve ser anunciado em breve. Entretanto, a publicação ressalva que ACM Neto ainda demonstra resistência e que no PSL, segundo interlocutores da legenda, a união é vista como rumor e toda a movimentação está sendo encabeçada por Bivar.

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site