Tribunal de SP rejeita ação contra secretário de Doria

Alexandre Baldy cometeu improbidade administrativa por fraudes na concessão de linhas do metrô, garante o Ministério Público
-Publicidade-
Secretário chegou a ser preso no ano passado
Secretário chegou a ser preso no ano passado | Foto: Divulgação/SecomSP

Alexandre Baldy, secretário de Doria que atua na pasta dos Transportes Metropolitanos, livrou-se de um processo na terça-feira 26. A 10ª Câmara de Direito Público do Tribunal de Justiça de São Paulo rejeitou um recurso do Ministério Público que pedia abertura de ação civil pública por improbidade contra o membro da gestão tucana. Apresentado em abril de 2019, o processo aponta supostas irregularidades na concessão das linhas 5-Lilás e 17-Ouro do Metrô. A primeira instância havia negado o pedido, decisão confirmada pelo segundo grau. Em agosto do ano passado, Baldy foi preso em operação da Polícia Federal por supostas fraudes na área da saúde antes de se tornar secretário de Doria.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

4 comentários Ver comentários

  1. São Paulo vai mal das pernas… não tem um secretário dos transportes….tem que importar um de Goiás.. que político que o Alkimin deixou de herança…

  2. O aparelhamento do judiciário é gritante. Precisamos extirpar esse câncer da corrupção de todas as esferas do governo. Enquanto isso não acontecer vamos assistir decisões infames como essa. Essa é a minha opinião.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.