Tribunal quebra sigilos fiscal e bancário de Carlos Bolsonaro

Ministério Público suspeita de 'rachadinha'
-Publicidade-
Investigação corre desde 2019
Investigação corre desde 2019 | Foto: Caio César/CMRJ

Na terça-feira 31, o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ) determinou a quebra dos sigilos bancário e fiscal de Carlos Bolsonaro (Republicanos), vereador da capital fluminense. Ele é investigado em processo que apura suposta contratação de funcionários “fantasmas” no gabinete do parlamentar. Outras 26 pessoas e sete empresas também tiveram os sigilos quebrados.

-Publicidade-

O Ministério Público do Estado sustenta que os assessores de Carlos não cumpriam o expediente de 40 horas semanais. Dessa forma, levantou-se a suspeita de “rachadinha”. Agora, a Justiça vai apurar se a contratação dos servidores na mira do TJRJ foi ou não instrumento para desviar salários. A investigação contra o filho do presidente começou em julho de 2019.

Leia também: “‘Rachadinha’ na Alerj abrange PT e outros partidos”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

21 comentários

  1. Esses Bolsonaro, pelo visto apreciam uma rachadinha. Eu também aprecio, muito mesmo, só que não tenho funcionário de gabinete para esse tipo de rachadinha aí.

  2. Estou perdendo a fé no MP. Eita instituição aparelhada!
    CRUZARAM OS BRAÇOS NOS DESVIOS DE MILHÕES NA PANDEMIA NOS ESTADOS E MUNICÍPIOS, nunca denunciaram deputados da oposição por rachadinhas e vivem hoje de perseguir o presidente, a família e o povo. Vergonha!

    1. Verdade Leila, os Ministérios Públicos, tanto os Estaduais quanto os Federais, são constituídos do pessoal de Direito, cursos da área de humanas que vem sendo aparelhados por mais de 30 anos para servir à causa.
      Daí a falta de lógica e de integridade cognitiva e intelectual desse pessoal, entram jovens, cujas mentes são corrompidas bem antes da formação do córtex frontal.
      O MEC é o Ovo da Serpente, um dos nossos mais vitais órgãos a sanear!

  3. MP, STF, sei não!!!
    Universidades públicas, autarquias, sei não!!!
    Infiltrados no congresso, executivo e legislativo, sei não!!!
    Trezentos anos para dizermos “vida que segue “, se não tivéssemos desde 2.013 nas ruas, com determinação iniciado o fim da bandidagem.
    Em 5 anos tiramos o executivo do conluio sórdido combinado na revolução comunista de 1986, qdo Sarney se prestou a ser o primeiro poste.
    Avancemos, hoje em 2021 já queremos soltar ao vento nosso GRITO DO IPIRANGA.
    Dia 07 na Paulista.

  4. mais uma perseguição da DITADURA do sistema de justiça do Brasil. e, esses vermes Biltres querem nosso respeito… F>>>>>>>>>>>>se

  5. Apesar de tantas denúncias envolvendo os filhos do Lula em enriquecimento ilícito, o ministério público e o judiciário, até o presente momento, ainda não moveram uma palha para apurar tais denúncias. Logo que o nove dedos assumiu a presidência da República, o seu filho mais velhos deixou o zoológico de São Paulo, onde recebia um salário raso, e passou a se envolver em grandes negócios e a enriquecer à luz do dia. Ministério público silencioso e um judiciário passivo nada fizeram para investigar algo que se parece com a história do Rei Midas, da mitologia grega, que tudo que tocava transformava em ouro. A própria imprensa, na maior hipocrisia, engoliu calada a escalada vitoriosa dos filhos do Lula no ramo de negócios milionários. Por que os dois pesos e duas medidas? Essa mesma imprensa diariamente massacra os filhos do Presidente Bolsonaro por causa de uma tal rachadinha, enquanto isso, nenhuma palavra sobre os filhos do Lula, hoje milionários.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro