-Publicidade-

Visitas a presidiários são suspensas por mais 30 dias

Atendimentos de advogados e outras medidas também seguem sem ser realizadas devido ao coronavírus
Foto: Departamento Penitenciário Nacional
Foto: Departamento Penitenciário Nacional

Atendimentos de advogados e outras medidas também seguem sem ser realizadas devido ao coronavírus

presídio - cadeia
Foto: Departamento Penitenciário Nacional

Devido ao coronavírus, o Departamento Penitenciário Nacional suspendeu por mais 30 dias as visitas aos detentos em presídios federais.

Também estão suspensos os atendimentos de advogados, as atividades educacionais, de trabalho, as assistências religiosas e as escoltas de presos custodiados.

LEIA MAIS: NOSSO VÍCIO EM SEGURANÇA

As exceções poderão ser consideradas no caso de atendimentos de advogados, em decorrência de necessidades urgentes ou que envolvam prazos processuais não suspensos; escoltas de requisições judiciais, inclusões emergenciais e daquelas que por sua natureza precisem ser realizadas.

A decisão foi publicada nesta segunda-feira, 29, no Diário Oficial da União.

Além disso, a portaria determina que as penitenciárias federais deverão adotar providências necessárias para promover o isolamento máximo dos presos maiores de 60 anos ou com doenças crônicas durante as movimentações internas nos estabelecimentos.

Com informações do Estadão Conteúdo.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comentário

  1. ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh. suspenderam o vale transa da cadeia. ahhhhhhhhhhhhhhhh que pena. podia já incinerar esses estupradores.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês