Zé Trovão afirma que não teve habeas corpus negado por Fachin

Decisão de conceder o HC cabe ao ministro Alexandre de Moraes, segundo o caminhoneiro
-Publicidade-
Zé Trovão e Oswaldo Eustáquio estão no México
Zé Trovão e Oswaldo Eustáquio estão no México | Foto: Reprodução/Mídias Sociais

O caminhoneiro Marcos Antônio Pereira Gomes, conhecido como Zé Trovão, afirmou na última sexta-feira, 10, que o ministro Luiz Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), não negou pedido de habeas corpus para barrar sua prisão. Com auxílio do jornalista Oswaldo Eustáquio, o caminhoneiro disse que os ministros do Supremo não podem interferir nas decisões dos colegas.

A detenção de Zé Trovão foi decretada pelo ministro Alexandre de Moraes, no curso do inquérito que apura a organização de supostos atos violentos no 7 de Setembro. Nesse caso, portanto, Fachin não poderia negar ou aceitar o pedido de habeas corpus apresentado pelos deputados federais Vitor Hugo (PSL-GO) e Carla Zambelli (PSL-SP) em benefício do caminhoneiro, visto que o pedido de prisão foi determinado por outro integrante da Corte.

Leia também: “Zé Trovão anuncia fim das paralisações de caminhoneiros”

Telegram
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro