Por 'segurança nacional', Índia decide banir aplicativos chineses

Em 29 jun 2020, 17:35

Por ‘segurança nacional’, Índia decide banir aplicativos chineses

29 jun 2020, 17:35

O governo da Índia anunciou que vai banir 59 aplicativos chineses do país; Índia possui a segunda maior população na internet no mundo

banir aplicativos

O TikTok está na lista de aplicativos banidos | Foto: antonbe/ Pixabay

O governo indiano anunciou nesta segunda-feira que vai banir 59 aplicativos desenvolvidos por empresas chinesas no país. Segundo as autoridades indianas, esses aplicativos estão inegavelmente engajados em atividades que ameaçam “a segurança nacional e a defesa da Índia”.

Esse é o mais novo episódio na crise entre os dois países com as maiores populações do mundo. Além de terem populações enormes e economias grandes, ambos são potências nucleares.

Entre os aplicativos que o Ministério dos Eletrônicos e TI baniu está o TikTok, que tem na Índia o seu maior mercado fora da China. Aplicativos da Xiaomi, que é maior vendedora de Smartphone do país, também foram banidos.

Ação inédita

Essa é a primeira vez que a Índia, que é o segundo maior mercado online, com cerca da metade dos seus 1,3 bilhão de habitantes na internet, bane aplicativos estrangeiros.

O Comitê responsável pela segurança cibernética do país alega que tomou essa medida porque “recebeu muitas denúncias de cidadãos preocupados com a segurança de seus dados”.

Dos 59 aplicativos banidos, 27 estão na lista dos 1000 mais utilizados na Índia no último mês, conforme levantamento feito na loja do Android.

Ainda não está certo como esse banimento vai funcionar. Até o momento, informa o site especializado em tecnologia TechCrunchesses aplicativos funcionavam normalmente e estavam disponíveis nas lojas de aplicativo.

O Google afirmou que ainda não recebeu qualquer ordem do governo indiano para bloquear esses aplicativos. A Apple disse que vai avaliar esse pedido. Essas empresas, eventualmente, resistem à cumprir ordens para retirar aplicativos de suas lojas.

As empresas chinesas fabricantes de Smartphone são responsáveis por aproximadamente 80% das vendas na Índia. O TikTok, que está sendo investigado por problemas de privacidade na Europa e nos EUA, possui mais de 200 milhões de usuários na Índia.

 

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

3 Comentários

  1. isso mesmo. boicote a xina.

    Responder
  2. Não há transparência numa ditadura . Infelizmente nada de uma ditadura e confiável

    Responder
  3. A India está ensinando como os paises tem que agir.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa news

Coronavírus

Oeste Notícias