Presos tentaram receber 'coronavoucher', critica Onyx - Revista Oeste

Edição da semana

Em Em 16 abr 2020, 15:40

Presos tentaram receber ‘coronavoucher’, critica Onyx

16 abr 2020, 15:40

Ministro da Cidadania afirmou que pelo menos 76 mil presidiários tentaram fraudar o benefício e pediu a volta da obrigatoriedade da regularização do CPF

Marcelo Casal Jr./Agência Brasil

O ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, disse nesta quinta-feira que cerca de 76 mil presos tentaram fraudar o auxílio emergencial de R$ 600 dado pelo governo a trabalhadores informais durante a crise do coronavírus. Os dados dessas pessoas foram cruzados com os da Receita Federal e, por configurarem fraude, elas não conseguiram ter acesso ao dinheiro.

Dos mais de 690 mil presidiários do País, 577 mil têm CPF irregular, cancelado ou suspenso. Partiram daí as tentativas de enganar o sistema e receber o benefício.

“O auxílio não é para bandido nem para presidiário”, incomodou-se Lorenzoni. “Os R$ 600 são para pessoas de bem, trabalhadores, vulneráveis, que precisam ser protegidas”. O ministro usou o fato para defender a regularização do CPF pela Receita Federal como forma de impedir que casos como esse aconteçam. Na quarta-feira, o ministro Ilan Presser, do TRF-1, suspendeu a exigência imposta pelo governo federal, a pedido do governo do Pará, que alegou que ser obrigado a ter o documento em ordem era excesso de burocracia.

Lorenzoni pediu à Advocacia-Geral da União que entre com recurso para reverter a decisão.

O recurso emergencial ou “coronavoucher”, como ficou popularmente conhecido, deve ser pago durante três meses e tem o valor de R$ 600 para trabalhadores informais e R$ 1200 para mães responsáveis pelo sustento da família. A ideia é amenizar o efeito da crise da covid-19 sobre essas pessoas. O impacto da ação será de R$ 98 bilhões aos cofres públicos, mas já tramita no Congresso novo projeto para que ela seja estendida a outras categorias de trabalhadores que perderam renda durante a pandemia.

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 Comentário

  1. Em tudo tem fraude ou tentativa. Impressionante.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter

Colunistas

Um caso de amor com a tirania

Na França, é cada vez mais evidente o namoro com o autoritarismo sob o disfarce da racionalidade, da competência administrativa, do bem comum, da justiça social

A obsessão da imprensa por Donald Trump

Com o único propósito de ser anti-Trump, a mídia não saberá o que fazer se não puder culpar o bufão laranja por todo o mal que eventualmente venha a acontecer

O Guevara da Daslu

Faça como Doria. Pare diante do espelho, fale meia dúzia de clichês do humanismo de butique e note que você também tem um corpinho de centro-esquerda

A China e a fábula dos pardais

Enquanto o discurso ambientalista foca a Amazônia e as mudanças climáticas, a China segue com suas práticas predatórias e não assume responsabilidades

O gênio e o mito

Maradona não deveria ser uma referência moral para ninguém. Mas é um equívoco não homenageá-lo por seu futebol-arte

A coerção e o coronavírus

A necessidade de restrições ocasionais não deve abalar os fundamentos do verdadeiro liberalismo, sustentado no “inovismo” e no “adultismo”

Uma nova doença: o vício em desculpas

Poucas figuras públicas têm a força de caráter para se recusar a pedir desculpas aos identitaristas, que gostam de desempenhar o papel de vítimas permanentes

Você não pode perder

O que é o projeto BR do Mar?

O que é o projeto BR do Mar?

Texto tramita em regime de urgência na Câmara dos Deputados e pode ser votado a qualquer momento no plenário...

A VOZ DAS REDES

Uma seleção de tuítes que nos permitem um olhar instigante do mundo, ajudam a pensar e divertem o espírito

LEIA MAIS

Oeste Notícias

R$ 19,90 por mês