-Publicidade-

Primeiro-ministro da Espanha quer ‘lockdown’ até 21 de junho

O primeiro-ministro da Espanha, Pedro Sanchez, quer estender o lockdown no país por mais 15 dias

Pedido foi levado ao parlamento espanhol; país está em Estado de Emergência desde 14 de março

Sánchez - Espanha - lockdown - estendido
O primeiro-ministro da Espanha, Pedro Sánchez | Foto: Pool Moncloa/Fernando Calvo

O primeiro-ministro da Espanha, Pedro Sánchez, afirmou neste domingo que o lockdown no país será estendido por mais 15 dias, até 21 de junho. Ele pediu ao Parlamento para aprovar a ampliação da medida.

“Está quase concluído aquilo que nos comprometemos”, afirmou Sánchez numa coletiva de imprensa. O líder socialista disse estar aliviado pela queda no número de contaminados pelo coronavírus.

Veja também: “Após revisão, Espanha reduz o número de mortes por covid-19”

Com o fim do Estado de Emergência e do lockdown no dia 21, os espanhóis poderão circular livremente dentro das suas regiões. Viajar entre as regiões da Espanha, contudo, só será permitido a partir de 1º de julho, informa a Reuters.

A Espanha decretou Estado de Emergência dia 14 de março, o mais rigoroso do continente. Algumas restrições foram relaxadas ao longo do tempo.

MAIS: “As estatísticas também estão contaminadas”

De acordo com o Painel da Oeste, a Espanha possui 239.228 casos confirmados do coronavírus e 27.128 mortes.

-Publicidade-
Envie-nos a sua opinião, sugestão ou crítica! Fale conosco
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês