PT e PSL tiveram as votações mais caras das eleições 2020 - Revista Oeste

Edição da semana

Em Em 20 nov 2020, 19:00

PT e PSL tiveram as votações mais caras das eleições 2020

20 nov 2020, 19:00

Partido dos Trabalhadores recebeu cerca de R$ 275 milhões do pagador de impostos, e o PSL, R$ 287 milhões

lula - operação spoofing - stf

O ex-presidente Lula | Foto: Reprodução/Instagram

Na média, PT e PSL tiveram as campanhas menos eficientes nas eleições de 2020. Um levantamento feito pelo jornal Valor Econômico mostra os dois partidos com a pior relação de votos para prefeito por volume de dinheiro público disponível — ou seja: quando comparada a quantidade de recursos que cada um deles recebeu por intermédio dos fundos eleitoral e partidário neste ano com o desempenho nas urnas dos candidatos a prefeito em todo o Brasil.

Leia também: “13 políticos comunistas com patrimônio de dar inveja a qualquer capitalista”

O PT recebeu cerca de R$ 275 milhões do pagador de impostos, e o PSL, R$ 287 milhões. Respectivamente, as duas siglas tiveram 7 milhões e 2,9 milhões de eleitores para prefeito nestas eleições. O partido de Lula, portanto, gastou R$ 39 em cada voto, e a legenda que serviu para Jair Bolsonaro chegar à Presidência, R$ 103.

Os 15 partidos com os votos mais caros

  • 1º PSL
    Custo por voto: R$ 103
    Quantidade de votos: 3 milhões
    Volume de recursos públicos: R$ 287 milhões
  • 2º PT
    Custo por voto: R$ 39
    Quantidade de votos: 7 milhões
    Volume de recursos públicos: R$ 275 milhões
  • 3º PL
    Custo por voto: R$ 34
    Quantidade de votos: 5 milhões
    Volume de recursos públicos: R$ 159 milhões
  • 4º Podemos
    Custo por voto: R$ 32
    Quantidade de votos: 3 milhões
    Volume de recursos públicos: R$ 107 milhões
  • 5º Solidariedade
    Custo por voto: R$ 32
    Quantidade de votos: 2 milhões
    Volume de recursos públicos: R$ 62 milhões
  • 6º PSB
    Custo por voto: R$ 29
    Quantidade de votos: 5 milhões
    Volume de recursos públicos: R$ 152 milhões
  • 7º Psol
    Custo por voto: R$ 28
    Quantidade de votos: 2 milhões
    Volume de recursos públicos: R$ 63 milhões
  • 8º Republicanos
    Custo por voto: R$ 27
    Quantidade de votos: 5 milhões
    Volume de recursos públicos: R$ 140 milhões
  • 9º PDT
    Custo por voto: R$ 26
    Quantidade de votos: 5 milhões
    Volume de recursos públicos: R$ 139 milhões
  • 10º PP
    Custo por voto: R$ 24
    Quantidade de votos: 8 milhões
    Volume de recursos públicos: R$ 184 milhões
  • 11º PTB
    Custo por voto: R$ 24
    Quantidade de votos: 3 milhões
    Volume de recursos públicos: R$ 63 milhões
  • 12º DEM
    Custo por voto: R$ 19
    Quantidade de votos: 8 milhões
    Volume de recursos públicos: R$ 157 milhões
  • 13º MDB
    Custo por voto: R$ 17
    Quantidade de votos: 11 milhões
    Volume de recursos públicos: R$ 191 milhões
  • 14º PSD
    Custo por voto: R$ 17
    Quantidade de votos: 11 milhões
    Volume de recursos públicos: R$ 184 milhões
  • 15º PSDB
    Custo por voto: R$ 16
    Quantidade de votos: 11 milhões
    Volume de recursos públicos: R$ 176 milhões

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

2 Comentários

  1. Fundo eleitoral é Inconstitucional.

    Responder
  2. Há fatos que causam espanto nesta terra tupiniquim!!! Por exemplo, a candidata à Prefeitura de São Paulo, Joice Hasselman, que não se elegeu, gastou mais de cinco milhões de reais em sua campanha. O atual prefeito, e candidato à reeleição, gastou mais de dezessete milhões. Isso de acordo com o noticiado pela imprensa. Partindo-se da hipótese de que o cargo de prefeito seja remunerado com o total de trinta mil reais mensais, e que os candidatos não gastem um centavo dessa remuneração, ao fim do mandato de quatro anos o total recebido, a titulo de remuneração, será igual a um milhão, quatrocentos e quarenta mil reais!!!!!! Ou seja, não cobre o gasto com a eleição!!!!!! Quanto patriotismo não !!!????? Até o Conselheiro Acácio está boquiaberto com tanta vontade de servir ao povo!!!

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter

Colunistas

Um caso de amor com a tirania

Na França, é cada vez mais evidente o namoro com o autoritarismo sob o disfarce da racionalidade, da competência administrativa, do bem comum, da justiça social

O custo e o valor de ser ‘contrariador’

Prêmios como o ‘Contrarian Prize’ servem para aplacar o medo que muitos têm de se manifestar em defesa daquilo em que acreditam e assim reduzir o poder social do cancelamento cultural

Mentir e trancar é só começar

“Se você começar a proibir aglomeração em ônibus, vai faltar povo pra abastecer a quarentena vip, né?” / “Aí você captou tudo. Vidas doces importam”

O culto à ignorância

Valorizar a educação formal e a cultura clássica virou preconceito elitista, um mau sinal para o futuro

Não é erro, é viés!

Não é uma tese conspiratória imaginar que há, sim, esquema nas pesquisas. Essa é uma possibilidade plausível

A coerção e o coronavírus

A necessidade de restrições ocasionais não deve abalar os fundamentos do verdadeiro liberalismo, sustentado no “inovismo” e no “adultismo”

Uma nova doença: o vício em desculpas

Poucas figuras públicas têm a força de caráter para se recusar a pedir desculpas aos identitaristas, que gostam de desempenhar o papel de vítimas permanentes

Você não pode perder

O ex-mártir

O ex-mártir

"O antigo santo da luta anticorrupção, bandido para a esquerda e traidor para os bolsonaristas é um homem como qualqu...
A descoberta do ano

A descoberta do ano

"Desde o primeiro caso de covid-19, boa parte dos políticos viram na epidemia uma belíssima oportunidade para tirar pr...

A VOZ DAS REDES

Uma seleção de tuítes que nos permitem um olhar instigante do mundo, ajudam a pensar e divertem o espírito

LEIA MAIS

Revista Oeste — Edição 37 — 04/12/2020

Oeste Notícias

R$ 19,90 por mês