Rachadinha da esquerda: candidata do PT é acusada de contratar funcionárias-fantasma - Revista Oeste

Edição da semana

Em Em 24 nov 2020, 19:04

Rachadinha da esquerda: candidata do PT é acusada de contratar funcionárias-fantasma

24 nov 2020, 19:04

Marília Arraes está no segundo turno da disputa no Recife

Deputado federal Túlio Gadêlha (PDT) e a deputada federal Marília Arraes (PT)
Foto: Reprodução/Redes Sociais

A deputada federal Marília Arraes, candidata do PT no segundo turno das eleições à prefeitura do Recife (PE), é acusada de improbidade administrativa. Segundo o Ministério Público de Pernambuco, a parlamentar manteve quatro assessoras para cargos comissionados que recebiam seus salários e não prestavam serviços ao gabinete.

Um cruzamento de dados realizado pela Polícia Civil revelou que as servidoras tinham outro emprego fixo no mesmo período em que foram contratadas para atuar no gabinete da então vereadora Marília, entre 2014 e 2017.

A denúncia corre desde dezembro de 2019 e os procuradores pernambucanos pedem a devolução de R$ 156 mil aos cofres públicos.

Em áudio, deputado federal Túlio Gadêlha (PDT-PE) reforça suspeita de rachadinha

Nesta terça-feira, 24, a coluna Radar, da revista Veja, informou que o deputado federal Túlio Gadêlha (PDT-PE) disse ter sido aconselhado por Marília a fazer a chamada “rachadinha” — coleta de fundos com os funcionários em seu gabinete. O parlamentar conta no áudio que Marília Arraes sugeriu a ele que juntasse R$ 30 mil para o caixa de campanha. O deputado disse que não daria para juntar tanto dinheiro. Marília, no entanto, reafirmou que era necessário juntar os 30 mil. “Não, 30 mil, tem que juntar da assessoria”, afirmou Marília, conforme reproduziu Túlio na gravação. “Túlio, todo mundo faz isso, todo mundo faz.”

Leia também: “PT e PSL tiveram as votações mais caras das eleições 2020”

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

6 Comentários

  1. FICO PERPLEXOS COM TUDO ISSO ESSA GAROTA. MARÍLIA ARRAES, FAZ PARTE DE MINHA FAMILIA. DOS ARRAIS,&ARRAES, +++ NA VIDA Ñ TÊM BOM PRA SER BOM UM DIA TUDO APARECE VAMOS SEGUIR À VDA.

  2. UÉ? INDIGNAÇÃO SELETIVA SR NAMORADO DA FÁTIMA BERNARDES?

  3. O pessoal desta família só deu prejuízo pro estado . Além de incompetentes são corruptos.

  4. Estamos vendo que as “rachadinhas” não têm ideologia de esquerda ou direita. O pacote é sempre o mesmo e com aperfeiçoamentos tupiniquins: Loja de Chocolate para lavar o dinheiro, nepotismo empregando a mamãe e ex-esposas ,devolução de salário ao chefe de gabinete , depósitos sem justificativas nas continhas da esposa atual e por aí vai. A esquerda acostumada à grandes golpes nas estatais e nas construtoras agora se contenta com as migalhas dos salários de seus funcionários e dos fantasmas contratados. Mas, a pergunta que não quer calar: alguém já foi preso por conta disso? Não. Porque o exemplo que vem de cima vai segurar as ações da justiça para que não se crie jurisprudência para todos.

  5. rachadinha do bem. detalhe que diferente do queiroz que trabalhava no gabinete ali nem trabalhar trabalhavam

  6. Essa piada foi a melhor do ano até agora: rachadinhas do bem! valeu!

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Assine a nossa newsletter

Colunistas

O partido contra o Brasil

Ninguém ainda descobriu no planeta um jeito tão eficaz de concentrar renda quanto a fórmula usada para administrar as contas públicas no país

A paciência acabou

Os brasileiros começam a reagir à cassação dos direitos individuais

Os novos senhores do mundo

Os gigantes da tecnologia censuram Trump, fazem o que bem entendem e exercem um poder global desmedido. Isso é justo?

Eficácia

“Você demorou muito a comprar. Eficácia depende de rapidez” / “Poxa… Se eu soubesse teria comprado mais rápido. Ando muito dispersivo”

O culto à ignorância

Valorizar a educação formal e a cultura clássica virou preconceito elitista, um mau sinal para o futuro

Como surgiu o novo coronavírus?

A resposta mais provável, até o momento: o vírus teve origem em pesquisas com manipulação genética no Instituto de Virologia de Wuhan

Globalistas assanhados com Biden

Eles não costumam viver de fatos, apenas de narrativas. Adotam a visão estética de mundo, e por isso a ONU é seu maior símbolo

A coerção e o coronavírus

A necessidade de restrições ocasionais não deve abalar os fundamentos do verdadeiro liberalismo, sustentado no “inovismo” e no “adultismo”

Uma nova doença: o vício em desculpas

Poucas figuras públicas têm a força de caráter para se recusar a pedir desculpas aos identitaristas, que gostam de desempenhar o papel de vítimas permanentes

Você não pode perder

Macron e a soja

Macron e a soja

Sua última ideia a respeito do assunto é acabar com a “dependência” que a França teria da soja brasileira – in...

A VOZ DAS REDES

Uma seleção de tuítes que nos permitem um olhar instigante do mundo, ajudam a pensar e divertem o espírito

LEIA MAIS

Oeste Notícias

R$ 19,90 por mês