Rede desiste de ação contra inquérito das 'fake news' - Revista Oeste

Edição da semana

Em Em 29 maio 2020, 15:51

Rede desiste de ação contra inquérito das ‘fake news’

29 maio 2020, 15:51

No ano passado, o partido de esquerda questionou a investigação aberta pelo Supremo. Mas, agora, resolveu solicitar o arquivamento do próprio pedido

rede desiste de ação

Brasília – O Ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, durante entrevista coletiva para apresentação do Plano Nacional de Segurança | Foto: MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL

A Rede Sustentabilidade pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) nesta sexta-feira, 29, o arquivamento do processo que moveu no ano passado contra o inquérito das fake news.

Em síntese, o partido recuou e quer tornar extinta a própria ação.

Nesta semana, aliados do presidente Jair Bolsonaro foram alvo de mandados de busca e apreensão da Polícia Federal. Tudo ocorreu a mando do ministro Alexandre de Moraes.

Leia mais: O inquérito do STF é inconstitucional

Para recordar: nesse inquérito, um veículo de comunicação foi censurado.

A sigla argumenta que mudou de ideia em razão dos mais recentes acontecimentos e da “escalada autoritária por parte de alguns mandatários, evidenciando o mal das fake news news para a democracia”.

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

8 Comentários

  1. insustentabilidade pendular da rede.

    Responder
  2. A TURMA MIMIZENTA DA ESQUERDA E A IMPRENSA FAKE, COMO GLOBO E FOLHA, VÃO SE DÁ MAL COM APROVAÇÃO DA PL DO SENADOR ALESSANDRO VIEIRA QUE CENSURA A REDES SOCIAIS!!
    Tem uma consulta pública no Senado sobre o tema, a direita faz campanha no Twitter pelo VOTO NÃO, aí a esquerda, que NÃO PENSA, resolveu fazer uma disputa pelo VOTO SIM. Alguém me explica o que eles tem no lugar do cérebro??

    Responder
    • E tenho algo a acrescentar nisso daí: Quando se abre o site para se votar, automaticamente abre na opção “sim”, então os menos avisados tendem a apertar essa opção. É esse o bando de canalhas que tem naquele senado, já que site é do senado.

      Responder
  3. Sinceramente, não entendi esse argumento: …”escalada autoritária por parte de alguns mandatários, evidenciando o mal das fake news para a democracia”. Essa escalada autoritária é por parte de quem? Do Alexandre de Morais? Se assim o for, não estaria ele cumprindo a função de investigar os desafetos políticos como quer a própria Rede Sustentabilidade? Não vejo escalada autoritária por parte do governo, como sugere esse mesmo partido.

    Responder
  4. Esse partido REDE, usa mais o STF do que o Congresso para analise de suas posicoes…

    Responder
  5. Demorou. Tudo planejado. Assim o parecer da PGR perderá o efeito. Esse país não é sério.

    Responder
  6. 33 Partidos Políticos. Exista algum outro País no Mundo com tantos partidos ?

    Responder
  7. A única coisa que brilha na figura acima é a sua careca. Sera que o “home” já leu a CF na íntegra? Duvido!

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter

Colunistas

O império dos sem-voto

Há cada vez mais pessoas que nunca receberam um único voto na vida, e não têm mandato nenhum, dizendo o que o cidadão deve ou não deve fazer

O mal de roupa nova

O Partido Democrata não esconde as intenções: quer mais coletivismo, menos autonomia dos Estados, maior controle exercido pelo Executivo central e intervenção na economia

A nova Torre de Babel

Ao contrário do mito bíblico, a torre atual está sendo edificada com base na confusão proposital das palavras por indivíduos desprovidos de inteligência e coragem

Segundo turno nupcial

“Ué, você tá torcendo pra mim?” / “Não sei. Estou indeciso”

A imprensa morre no escuro

A atividade que já foi chamada de “quarto poder” escorrega perigosamente para a irrelevância

O resgate de Tocqueville

O desprezo pelo cristianismo, tão comum em meios “progressistas”, representa um perigoso afastamento dos pilares norte-americanos

A coerção e o coronavírus

A necessidade de restrições ocasionais não deve abalar os fundamentos do verdadeiro liberalismo, sustentado no “inovismo” e no “adultismo”

Uma nova doença: o vício em desculpas

Poucas figuras públicas têm a força de caráter para se recusar a pedir desculpas aos identitaristas, que gostam de desempenhar o papel de vítimas permanentes

Você não pode perder

A VOZ DAS REDES

Uma seleção de tuítes que nos permitem um olhar instigante do mundo, ajudam a pensar e divertem o espírito

LEIA MAIS

Oeste Notícias

R$ 19,90 por mês