Pular para o conteúdo
publicidade
Penitenciária Federal de Brasília | Foto: Valter Campanato/Agência Brasil
Edição 154

O purgatório dos inocentes

Manifestantes soltos do inferno porque nada fizeram de errado no 8 de janeiro são castigados pela liberdade algemada

Augusto Nunes
Cristyan Costa
-

O que aconteceu em Brasília em 8 de janeiro de 2023? Na versão dos vencedores, uma tentativa de golpe de Estado financiada por empresários inimigos do Estado Democrático de Direito, executada por bolsonaristas radicais e escancarada pela depredação dos prédios que abrigam as sedes dos Três Poderes. Aos olhos dos perdedores, o que houve foi uma trama destinada a oferecer ao Supremo Tribunal Federal e ao novo governo o pretexto que faltava para dispersar de vez as multidões acampadas desde novembro perto de instalações militares na capital federal. Nessa linha de raciocínio, a erupção de violência foi obra de provocadores que despertaram os instintos mais primitivos da imensidão de gente cansada de esperar em vão pelo socorro do Exército.  

Passados quase dois meses, a pergunta permanece sem resposta. Mais: nesse período, cresceu extraordinariamente o cortejo de interrogações geradas pelo enigma inaugural. Por que os prédios depredados estavam sem proteção? Por que faltou nas horas anteriores aos ataques tão previsíveis a agilidade demonstrada pelo governo e pelo STF depois do espetáculo da insanidade? (O presidente Lula comemorava alguma coisa em Araraquara quando recebeu a má notícia. Minutos depois, divulgou o decreto que oficializou a intervenção no Distrito Federal. Imediatamente, o ministro Alexandre de Moraes afastou do cargo o governador Ibaneis Rocha, ordenou que o secretário de Segurança Pública fosse encarcerado e determinou a remoção de todos os manifestantes acampados em Brasília.) Como justificar a prisão “em flagrante” dos mais de 1.300 homens que a Polícia Federal capturou nas cercanias do quartel?  

Governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha | Foto: Paulo H. Carvalho/Agência Brasília

Eis aí um balaio de espantos que implora por uma Comissão Parlamentar de Inquérito, enfim entenderam deputados e senadores que não perderam de todo a sensatez. No fim de fevereiro, já contavam com o número necessário de assinaturas três requerimentos para a instauração de comissões do gênero. (Não entra nessa conta a CPI proposta pelo deputado gaúcho Marcel Van Hattem, do Partido Novo, para investigar abusos de autoridade protagonizados por ministros do STF. Essa é tão necessária e pertinente que não sairá tão cedo do campo dos sonhos.) O Brasil sairá ganhando se vingar a Comissão Parlamentar Mista de Inquérito. Por dois motivos: além de juntar representantes das duas Casas do Congresso, comissões mistas não precisam da boa vontade do presidente do Senado para que ocorra a votação no plenário. 

O PT e seus comparsas parecem ter aprendido que é possível saber como uma CPI começa, mas jamais se saberá como termina. Embora recite de meia em meia hora que foi alvo de uma ofensiva golpista, o governo anda fazendo o diabo para abortar as investigações. “É perda de tempo”, desconversa o senador baiano Jaques Wagner. Investigar o que efetivamente aconteceu só é considerado relevante por parlamentares que os lulistas vivem associando ao golpe que só existiu na cabeça de cretinos fundamentais ou vigaristas sem cura. Lula aprendeu a traumática lição ministrada em 2005 pela CPI dos Correios. Nascida para apurar um caso de corrupção na estatal arrendada ao PTB, a comissão acabou por devassar o escândalo do Mensalão e quase provocou o despejo do presidente. 

A CPMI do 8 de janeiro provavelmente começará pela investigação do que teria sido o único golpe de Estado da história promovido por civis desarmados. Deverá prosseguir com o exame do desempenho dos órgãos responsáveis pela prevenção de possíveis ameaças à ordem pública e à segurança nacional. Os capítulos seguintes prometem fortes emoções. Quem de fato provocou a epidemia de vandalismo? O que tem a dizer o ministro Flávio Dino sobre o atentado que alvejaria o presidente eleito no dia da posse? Ministros do Supremo não são obrigados a depor em CPIs. Mas cidadãos que tiveram a vida afetada por decisões equivocadas da Corte, esses podem.     

CPMI 8 janeiro
Manifestantes invadem o Congresso, o STF e o Palácio do Planalto, em 8 de janeiro de 2022 | Foto: Wikimedia Commons

O parto iminente da CPMI foi a primeira notícia animadora transmitida aos homens amontoados no presídio da Papuda e às mulheres trancafiadas na Colmeia. Uma das vítimas do invento é a gaúcha Tatiane Marques, 41 anos, que em 7 de janeiro partiu de Santa Maria, onde administra uma microempresa, rumo a Brasília. No dia 8, no início da noite, desembarcou do ônibus fretado pelo grupo de conterrâneos no Quartel-General do Exército, sem saber dos atos de vandalismo ocorridos na Praça dos Três Poderes, a 4 quilômetros dali. Tatiane dormiu sonhando com a programação do dia seguinte: entregar um manifesto ao presidente do Tribunal Superior Eleitoral, solicitando a divulgação do código-fonte das urnas utilizadas na eleição de outubro, participar de uma manifestação pacífica e regressar a Santa Maria. 

Acordou com a chegada dos policiais. A tropa entrou nas barracas sem pedir licença para informar que os 1.397 acampados seriam transferidos para um ginásio ali perto do quartel. Depois de algumas horas no abrigo improvisado em condições degradantes, compreendeu que caíra numa armadilha. O ginásio era a escala da viagem ilegal que terminou na penitenciária feminina da Colmeia. Tatiane está prestes a completar dois meses no cárcere, Tatiane não faz ideia de quando deixará o cárcere. As raras informações que chegam aos familiares são transmitidas por uma advogada que presta serviços voluntários a outros 17 detentos.   

Lahur Marques, pai de Tatiane, angustia-se ao imaginar a cela superlotada em que a filha está confinada. Como os vasos sanitários são poucos e precários, as presas improvisaram um sistema de revezamento que se repete nos banhos com água fria. Marques ignora se Tatiane vem recebendo os mantimentos que envia. Mas sabe que as carcereiras procuram piorar o cotidiano das presas com provocações feitas aos berros. Uma das preferidas: “Chamem o Bolsonaro para resgatar vocês”. Divorciada, mãe de dois filhos ainda na infância, Tatiane pagava as contas de sua casa até o dia da prisão. Com a ajuda de parentes, o avô tem garantido o sustento dos netos e o pagamento do aluguel. Ele só não sabe o que dizer quando as crianças perguntam quando a mãe voltará. 

Tatiane | Foto: Arquivo pessoal

O drama que bateu ao mesmo tempo em tantas portas não poupou Aline Cabal. Aos 33 anos, essa paulista de Limeira teve a vida interrompida há dois meses — e logo descobriria que a incerteza provoca duros efeitos colaterais. Sempre em luta contra a depressão, preferiu emagrecer vários quilos a engolir a comida quase sempre intragável servida na Colmeia. Aline conforta-se com bolachas e doces enviados por um tio que mora em Brasília. “Ela nunca foi presa na vida, tampouco tem passagem pela polícia”, repete o ex-marido Filipe Dias, que tenta acompanhar a saga inverossímil amparado em informações colhidas por um parente e pela advogada que vem cuidando do caso — sem receber honorários. 

“Principalmente por não ter cometido nenhum crime, para ela está sendo uma experiência terrível”, resume Filipe. No dia 8, Aline pisou na Esplanada dos Ministérios, mas se afastou do olho do furacão quando viu a primeira invasão. Assustada, recolheu-se ao acampamento onde seria presa na manhã seguinte. Atropelado pelo repentino sumiço de horizontes, Filipe tem a sensação de que seu dia ficou algumas horas mais curto. Sem faltar uma só vez ao trabalho, tem conseguido cuidar simultaneamente do filho de 14 anos e dos pais de Aline, ambos idosos. Até que se registrasse a mais volumosa prisão em massa da história do Brasil, era a filha que os sustentava com a venda de bolos e quitutes na cidade onde mora. 

Aline | Foto: Arquivo pessoal

Horas depois de determinar o encarceramento por atacado, Alexandre de Moraes irritou-se com as queixas dos condenados sem julgamento a privações deprimentes. Os terroristas precisavam entender que prisão não é colônia de férias, avisou. Nem sucursal de campo de concentração, deixaram de ressalvar advogados, promotores, juízes e militantes da CNBB. Animado com a salva de palmas silenciosa, o ministro piorou o que era péssimo. Na Papuda, por exemplo, o autônomo Geneilson Dantas, 43 anos, divide com outros 18 detentos uma cela com metragem para oito.  

A cada noite, os integrantes do grupo se revezam na ocupação de camas e colchões. Faltam água quente e vasos sanitários. “Eles fazem as necessidades na frente de outros presos”, contou Genivânia Santana, irmã de Dantas. Atormentado por inflamações no pâncreas, Dantas desistiu de reivindicar alimentação adequada a quem sofre dessa espécie de enfermidade. “Ele não poderia estar comendo qualquer coisa”, lamenta Genivânia. Ela pediu à advogada do irmão que solicitasse permissão judicial para que os familiares cuidassem da alimentação de Dantas. Não houve resposta. 

Geneilson | Foto: Arquivo pessoal

O inferno de Dantas tem semelhanças com o imposto ao marceneiro Moisés dos Anjos, 60 anos, que representa a cidade paulista de Leme no mosaico estarrecedor montado em Brasília. “Aflição, nervosismo e incerteza permanente são os principais sentimentos dele”, informa a filha Thais. Por falta de notícias sobre a família que dele depende financeiramente, Moisés enfrenta constantes crises de ansiedade. Como a conta bancária do prisioneiro está bloqueada por ordem do STF, Thais e a mãe têm sobrevivido graças a donativos de parentes e amigos. A advogada diz que Moisés não participou de nenhuma invasão. Ao ser detido na Praça dos Três Poderes, estava rezando.  

Moisés | Foto: Arquivo pessoal

Direitos violados 

Até o começo da semana, Oeste não conseguira convencer nenhum dos golpeados por abusos judiciais — presos ou liberados da cadeia — a identificar-se. Só agora esses brasileiros sem culpa venceram o temor de despertar a ira de Alexandre de Moraes. Mais que compreensível, é inevitável o medo pandêmico: no Brasil, até os bebês de colo estão expostos a condenações por crime hediondo. E nem os estigmatizados de 8 de janeiro que já saíram da cadeia podem considerar-se homens livres. O que muda é o sistema prisional, confirmou Moraes nesta semana. Em dois dias sucessivos, o ministro livrou da vida numa cela um lote de 173 prisioneiros e outro de 52, sob a alegação de que nenhum deles havia financiado ou cometido atos antidemocráticos ou manifestações golpistas. São inocentes, então. E de novo podem considerar-se homens e mulheres livres, certo?  

Ao contrário dos 800 mantidos na Papuda e na Colmeia, eles se livraram do regime fechado. Mas descobriram como funciona o mais recente invento de Moraes: a liberdade algemada 

Nem tanto, adverte o colar de sanções que reduzem o alcance do alvará de soltura. Todos terão de usar tornozeleira eletrônica (sem saber qual é a distância além da qual ecoa o alarme). A todos continua vedado o acesso a redes sociais. Todos tiveram o passaporte cancelado. Todos terão de apresentar-se semanalmente à Justiça do Estado em que residem. Ao contrário dos 800 mantidos na Papuda e na Colmeia, eles se livraram do regime fechado. Mas descobriram como funciona o mais recente invento de Moraes: a liberdade algemada.    

“A aplicação de medidas cautelares a um número significativo de pessoas que foram soltas seria justificada, do ponto de vista constitucional e legal, somente na hipótese de se terem fortes indícios de autoria e materialidade do cometimento de crime”, ensina a advogada Vera Chemim, mestre em Direito Público Administrativo pela FGV. “Ocorre que não se reuniram indícios relacionados a cada pessoa, individualmente.” Segundo a especialista, a acusação que abrange atos terroristas, golpe de Estado e afronta ao Estado Democrático de Direito, além da suposta prática de depredação do patrimônio público e de atos violentos, é “leviana e sem provas”. Mais: como não houve a individualização de cada conduta, marcará para sempre a vida de todas as vítimas da ilegalidade em massa. “Tais procedimentos só seriam justificados”, ressalva Vera, “caso fossem aplicados a pessoas que cometeram, de fato e de direito, aqueles atos ilícitos.” 

Jornalistas e juízes andam contemplando a movimentação no Congresso com olhar enviesado. Uns e outros são caçadores de fatos, o que lhes confisca o direito de opor-se a quaisquer investigações conduzidas com seriedade. Só temem CPIs culpados, comparsas e cúmplices. A tentativa de abortar a busca da verdade é uma manifestação de covardia que requer mais coragem do que a exigida por demonstrações de bravura em combate na mais medonha das guerras.   

Leia também “Vidas suspensas”

95 comentários
  1. Rosana Vargas
    Rosana Vargas

    In felizmente, Brasil entrou em um quarto escuro e nebuloso. Ficará registrado na História do Brasil esse período tão triste. Deus tenha misericórdia de todos nós.

  2. João Carlos Félix Souza
    João Carlos Félix Souza

    Acho que está em tempo de escrever um livro ou documentário sobre a situação dessas pessoas.

  3. Gisele Natalie Nine
    Gisele Natalie Nine

    Uau! É de arrepiar até o último fio de cabelo com o tamanho da insensatez que estamos vivendo neste país!

  4. Oswaldo Silva
    Oswaldo Silva

    Fatos dignos de uma republiqueta de bananas.

  5. carlos roberto hojaij
    carlos roberto hojaij

    Prezado Augusto Nunes, a pensar na gritante ausência do Congresso Nacional na defesa dos cidadãos absurdamente arrastados à prisão, talvez valesse lembrar aos seus membros um escrito de Dante Alighieri: “É que tua alma cede à covardia, a qual aliena aos homens a razão e os tolhe de todo alto empreendimento e com artes enganando-os de ilusão.” Muitos deles vão ao Sem Filtro, mas quase sempre filtram as palavras em demonstração tradicional de “panos quentes”, “blá blá blá” sem amanhã. Pobre Brasil carente de Homens. E sem Homems não existe Nação. Parabéns a você.

  6. Joel Luiz Oliveira Rios
    Joel Luiz Oliveira Rios

    Concordo em gênero, número e gráu com os comentários de Silvia Helena e o de Cristiane, ou seja, o antipenúltimo e o último comentários sobre os atos de08 de janeiro de 2023, e acrescento: todos os parlamentares que estão se fazendo ironicamente de desentendidos, bôcomoucos, e ou idiotas, na verdade são uns mal caráteres, lesa pátria e infiéis aos princípios pátrios lecionados em seus respectivos quartéis no caso das forças armadas. um dia, antes de embarcarem de primeira classe para a quinta da profunda dos infernos, caso não confessem e se arrependam do que fizeram com a Pátria ultrajada por estes filhos infiéis, antes de partirem deste mundo, chorarão lágrimas de sangue ao verem sobre seus filhos e netos as consequências nefastas de suas frouxidões na defesa do estado democrático de direito e da constituição, deixando de agirem como poder moderador conforme o que estabelece a constituição da república e conforme a vontade do povo do qual emana todo o poder, e nos encontrávamos há mais de 60 dias nas portas dos quartéis destas forças armadas clamando pelo SOS pacíficamente e confiávamos que assim elas o fariam, mas pra surpresa de todos, trairam à Pátria e ao povo que sempre lhes confiou na qualidade de uma instituição integra e honrada, não somente não defenderam a Pátria e seu povo aos quais diziam existirem pra isso, como entregaram este mesmo povo aos leões lesa Pátria naquele fatídico 08 de janeiro. Espero que tudo isso possa de alguma forma para os que se encontram nas academias militares, para que tenham nas atitudes destes senhores generais que trairam a Pátria e o povo, lhes sirvam como exemplos a não serem seguidos e possam assim de agora em diante resgatarem o bom conceito que sempre teve estas forças armadas, as quais foram tão maculadas por certos generais vendidos. A página negra vai permanecer sobre as forças armadas, mas os que a escreveram, portanto indígnos de tão honrada instituição, levarão para o túmulo o despreso da Pátria Amada e do povo e dos demais membros das forças armadas que são honrados e dígnos de à elas pertencerem. Os máus soldados passam, mas a instituição FFAA’s permanecem. BRASIL, os teus verdadeiros filhos te amam e jamais o entregaremos aos máus e infiéis da nação, portanto inimigos, internos e ou externos, venham de onde vierem, serão devidamente combatidos e derrotados. VIVA o BRASIL e o POVO BRASILEIRO dos quais muito me orgulho. Somos como qualquer outro povo ou nação sujeitos a falhas, mas à tudo e todos venceremos sob a direção do todo poderoso Deus, o qual jamais nos deixará derrotados. ELE é mais que vencedor, e Nele e com Ele, o Brasil e o povo brasileiro também o seremos. Eu creio, e assim será.

  7. Cristiane
    Cristiane

    Gritantes as inconstitucionalidades cometidas pelo Judiciário. Extrema falta de discernimento ou de caráter mesmo de quem defende esse tipo de atuação do membro do STF. São os lulistas de extrema esquerda sem qualquer conexão com a realidade, os únicos a fingir não saber dos abusos cometidos e da arapuca barata tupiniquim montada à moda do 6 Janeiro/Capitólio. CPMI tem que sair. E os deputados que se furtaram a assinar ou retirarem suas assinaturas não serão esquecidos. Serão os cúmplices.

  8. Paulo Kubota
    Paulo Kubota

    É pavorosa a situação de todos esses presos por não ter feito nada… E quando terão a liberdade definitiva mesmo fora do presídio?

    É mais apavorante saber que estive nos frontes dos QGs e que poderia estar entre essas pessoas que nada fizeram… praticamente me sinto um castrado… um eunuco…

    Choro de tristeza por todos eles que ainda estão presos e os que saíram mas continuam ainda sob o julgo se um ditatdor nazista…

    Resta orar por todos eles…

  9. SILVIA HELENA RODRIGUES BARRETO
    SILVIA HELENA RODRIGUES BARRETO

    Já fiquei indignada com muitas coisas nessa vida e já me deparei com grandes injustiças mas essa realmente superou todas pelas quais eu passei ou presenciei. Fiquei pensando nos olhares de desespero, na angustia que eles sentiram de saber que não havia sido cometido nenhum delito, na solidão dos dias que chegaram. Qual a compensação que nós pessoas de bem poderíamos dar para essas pessoas que foram injustamente tolhidas de seu bem mais precioso, a Liberdade? Poderia ter sido eu ou você que ao longo dos dois meses subsequentes ao rapto da democracia, estávamos levantando bandeiras com o rosto pintado de verde e amarelo ou na sua maioria com o rosto limpo e sereno que só os que tem a verdade no coração conseguem estampar. Não posso mensurar a dor que foi replicada dessas 1.300 pessoas para todos os familiares e todas as pessoas esclarecidas que acordaram nesse pesadelo onde os manipuladores do mal, os sabotadores da pátria, os homens e mulheres de rapina desdenham dos valores éticos e morais.Nesse novo arbítrio da Razão e Justiça os patriotas foram libertados mas foram maculados como partícipes de um “Golpe” onde as únicas armas foram as bandeiras que tremularam ao vento regidas pelos hinos de louvor a Deus e a pátria.
    Esse período de cárcere terá efeitos avassaladores nessas vidas e nas vidas que foram sobrepujadas por esses sabotadores.
    Essas Marias e Josés que viajaram nesse sonho de liberdade e verdade não poderão ser rotulados num grupo e num crime único. Eles serão levados para cada canto do país. Será a Maria, mãe do Mateus. Será o José, filho da dona Teresa. Será a Marlene que comemorou seu aniversário de 60 anos numa cela. Pessoas simples. Pais, mães, filhos e avós que acreditaram que existiria um futuro mais justo para todos porque conceberam e concederam a seus governantes uma investidura em uma missão plena e que foram literalmente roubados do seu futuro.

  10. CARLOS GUEDES
    CARLOS GUEDES

    Tenho a absoluta convicção de que, qualquer que sejam os resultados da CPMI, teremos de continuar aturando as atitude e decisões canalhas, ilegais, imorais e desumanas desse crápula que comanda toda essa excrecência, fantasiado numa toga manchada de sangue e m….. O dia dele chegará. Poderá não ser aqui no mundo material, mas minhas crenças religiosas afirmam que ele pagará ´por todo o mal, por toda a desonestidade profissional, por toda a arrogância, toda a soberba, toda a maldade e tudo mais que ele faz questão de praticar e exibir.

  11. Marcos Giovane Rutsatz
    Marcos Giovane Rutsatz

    Tem coisas na vida que só resolvemos devolvendo o carinho recebido…este é um exemplo…prisões descabidas, ao arrepio da lei…não me surpreenderia se alguns revoltados fizessem algo mais pesado…

  12. Perecles Antônio Gonçalves Pacheco
    Perecles Antônio Gonçalves Pacheco

    Quem poderia imaginar que menos de oitenta anos do holocausto contra os judeus na Europa, outro holocausto seria repetido no Brasil contra brasileiros! Sim, meus senhores e minhas senhoras, há no Brasil um Heinrich Himmler em nova versão. Não há desejar a mais completa reprodução do mesmo sistema, das mesmas imagens, das mesmas fórmulas. O retrogrado dos trópicos reproduz o facie do fanático de lá; os mesmos recalques, a mesma insânia, o mesmo destempero comportamental, a mesma ânsia por infligir flagício ao próximo. Uma degradação humana!

  13. JULIANO FLÁVIO PAVÃO
    JULIANO FLÁVIO PAVÃO

    Revoltantes os fatos e declarações elencados nessa reportagem. Parabéns à Revista, aos repórteres e jornalistas envolvidos. Fico muito triste que isso ocorra no nosso BRASIL.

    1. PAULO RENAN PEREIRA LOPES
      PAULO RENAN PEREIRA LOPES

      Ao rasgarem a Constituição Federal os ministros do STF lançaram o Brasil no caminho das trevas da esquerda…😔

  14. Leonor
    Leonor

    Liberdade total aos presos políticos.

  15. Jarlan Barroso Botelho
    Jarlan Barroso Botelho

    Não existe mais nenhuma diferença entre o Brasil e as ditaduras Cubana, Venezuelana e Norte Coreana. Ambas não permitem opositores, imprensa livre ou liberdade de expressão, e todas possuem PRESOS POLÍTICOS INCOMUNICÁVEIS. A diferença é que no Brasil, os presos políticos são em maior número do que nesses outros “países democráticos”.

  16. Paulo Nogueira
    Paulo Nogueira

    Os patriotarios optaram por Minha Cadeia Minha Vida ao invés do Minha Casa Minha Vida porque o programa anterior era comunista.

    1. João Paulo Sousa da Silva
      João Paulo Sousa da Silva

      VÁ PRA PATA QUE TE PÔS, SEU CALHORDA!

  17. Mario Marcos De Camargo
    Mario Marcos De Camargo

    Qualquer cidadão por mais idiota e obtuso que seja, sabe que para tomar um pais através de golpe de estado necessita planejamento , homens armados, é necessário dominar a comunicação, ter uma parte da Forças Armadas, Força Publica etc. apoiando.
    O que contrasta e diverge de uma manifestação democrática onde um punhado de vândalos vagabundos resolveu fazer baderna. Idênticos atos que sempre aconteceram no passado. Querer impingir esta narrativa para aproveitamento politico é menosprezar, desqualificar a inteligência do cidadão brasileiro ou tentar igualá-lo com a mediocridade de quem tenta impingir esta narrativa idiota.

  18. Ed Camargo
    Ed Camargo

    O luladrão teve uma epifania e deixou as portas dos três poderes abertas aos protestos.
    Muitos contrariados com o roubo das eleições vieram, e dessa forma, foi armando o embuste que se transformaria na maior falácia do Brasil.
    Imediatamente foram considerados inimigos de estado e arbitrariamente presos indefinidamente e acusados de crimes que não cometeram.
    Tudo foi premeditado de acordo com o modus operandi de um regime que faz uso de táticas clandestinas de “entrapment”, cuja figura mais importante é um carcereiro psicopata narcisista conhecido como Alexandre de Moraes, esse patife sofre da mesma psicose que sofriam os nazistas, conhecida como Schadenfreude, e suas decisões é um fait accompli.
    Os petralhas chegaram a conclusão que a verdade não existe, não há absolutos, e não há protocolos com valor de reverência.
    Com o regime petralha no poder, estamos acordando de um pesadelo em um pais que já não reconhecemos, onde o barbarismo se tornou um estado natural.
    Nós que não aceitamos os resultados de uma eleição roubada, nos tornamos o nemesis dos petralhas, os quais, reitificam suas teorias das quais a verdade é simplesmente uma narrativa cuja veracidade é estabelecida pelo grau de força e persuasão utilizados.
    Nós sabemos, que os petralhas sabem, que nós sabemos, que as eleições foram roubadas, e eles estão indignados, e apopléticos por não conseguirem enganar todos o tempo todo.
    De alguma forma, estamos vencendo contra chances impossíveis, quando muitos outros nem mesmo tentam, isto é a marca de coragem que nos define.
    Portanto a alternativa dos petralhas, seria calar e aprisionar todos.
    Se a liberdade de expressão for invalidada, censurada e reprimida, se a invasão de terras produtivas for homologada, se a confiscação dos frutos do nosso trabalho for ampliada, se a prisão dos inocentes e violação dos direitos humanos for mantida com o propósito de nos intimidar como pretendem os petralhas, então mudos e silenciosos caminharemos, como gado em direção ao matadouro, ou lutamos pela liberdade a qual, será testada com sangue e lavada com lágrimas.

  19. Martha
    Martha

    Um pesadelo inacreditável estarmos vivendo essa barbárie aqui no Brasil.

    A menção a Tatiane Marques, gaúcha de Santa Maria, me fez lembrar do horripilante incêndio da Boate Kiss, em Santa Maria, no qual mais de 242 pessoas perderam a vida.
    A tragédia completou 10 anos em 27 de janeiro de 2023.
    O que aconteceu mesmo com os responsáveis? Ninguém está preso.
    Vale conferir, matéria de CNN de 01/01/2023, o que foi feito da ação que buscava manter presos os réus.

    1. Erico J Pereira Da Veiga
      Erico J Pereira Da Veiga

      Mas Marta, qual a relação que vc encontrou entre a tragédia da boate Kiss e esse encarceramento coletivo, lá em Brasília? Um foi pensado, usaram infiltrados de esquerda, mentiram para os acampados que os levariam para a rodoviária. O outro, foi um trágico acidente.

  20. Pedro Abilio R Reseck
    Pedro Abilio R Reseck

    Certamente precisa-se investigar a fundo o comportamento das autoridades civis e militares neste deplorável desfecho . Me lembrei da SS conduzindo judeus para campos de “ recreação “ , quando na verdade eram campus de extermínio . Quanta covardia de quem determinou como daqueles que acataram tais ordens . Horrorizado com tamanha covardia . Mentes insanas em busca de vinganças . Isso aí não é DEMOCRACIA coisíssima nenhuma . É puro Fascismo. Só os covardes adotam tais práticas . GOLPE COM BÍBLIA E VELA ?????

    1. Erico J Pereira Da Veiga
      Erico J Pereira Da Veiga

      Mas Marta, qual a relação que vc encontrou entre a tragédia da boate Kiss e esse encarceramento coletivo, lá em Brasília? Um foi pensado, usaram infiltrados de esquerda, mentiram para os acampados que os levariam para a rodoviária. O outro, foi um trágico acidente.

  21. Rodrigo de Moraes Filho
    Rodrigo de Moraes Filho

    O Sr Alexandre de Moraes, faz do Brasil e dos brasileiros, seu parquinho de diversões, sádicas por sinal, a pretexto de interpretar as leis , de acordo com suas idiossincrasias ,causando danos morais e materiais , a todos àqueles sobre os quais determina medidas restritivas.
    Em algum momento, o tão celebrado Estado Democrático de Direito, haverá de ser ser restabelecido em sua plenitude, com todas as consequências que couberem.
    Pergunta:- quem irá pagar as indenizações, a toda essa multidão de brasileiros que, com certeza, acionarão o Estado, reclamando o devido reparo, pelos traumas sofridos ? (Vide Comissão da Verdade)

  22. CARLOS BRASILIANO DA SILVA
    CARLOS BRASILIANO DA SILVA

    Aconselho ao Sr. Alexandre de Moraes a dar uma lida, pode ser de leve, no livro O Céu e o Inferno de Allan Kardec, para ter uma breve noção do que o espera após a sua desencarnação. Depois não alegue que não foi avisado

    1. Vera Lucia Marinho Cardoso
      Vera Lucia Marinho Cardoso

      Se esse ser soubesse algo sobre a Doutrina Espírita já teria agido com honestidade e justiça. Tenho pena, pois a Lei do Retorno virá

  23. Fernando José Leite de Barros
    Fernando José Leite de Barros

    Prezados Augusto e Cristyan. Desde 30 de outubro de 2022 o desconforto e desânimo só crescem em mim e em amigos que conheço. Este acontecimento é degradante. A nós que trabalhamos, resta orar para que um milagre possa mudar a situação. O texto é muito bom apesar de triste.

  24. Eudes
    Eudes

    Esta matéria dos jornalistas Augusto e Cristyan revela um momento draconiano para a maioria dos Brasileiros, parabéns pela capacidade de mostrar-nos tudo isso. As várias manifestações, especialmente aquelas apresentadas por IMB são muito bem colocadas e, juntamente com a matéria do Augusto e Silvio possibilitam a produção de um livro digno de ser acrescentado ao rol da literatura Brasileira. É bom lembrar de que tudo tem seu tempo, e seu preço, inexorável.

  25. Marcello
    Marcello

    Se esse pessoal preso no dia e os que foram presos depois das investigações da cometeram crimes contra o patrimônio público.
    Os presos no dia , o foram em FLAGRANTE DELITO, é cadeia!!!!!
    Bandido bom é bandido preso,

  26. Ed Camargo
    Ed Camargo

    O texto sobre o purgatório dos inocentes é preponderante e esclarecedor.
    As condições desumanas de tratamento dos prisioneiros constitui Crime Contra Humanidade cometido pelo regime petralha e seus cumplices.
    Os prisioneiros nas penitenciárias da Papuda e Colméia, estão vivendo em um dos níveis de inferno como no poema épico de Dante Alighieri a comédia divina de onde o purgatorio faz parte.
    Os advogados que estão cuidando dos prisioneiros deveriam entrar com um processo na ONU solicitando ajuda internacional e expondo ao mundo o nível de crueldade dos esquerdopatas petralhas
    As prisões dos manifestantes inocentes somente esta servindo aos propósitos de propaganda do regime petralha que tenta consolidar seu poder e equiparando a invasão das casas do congresso com o que aconteceu no governo dos esquerdopatas americanos, tudo é uma enorme publicidade.
    O regime petralha aprendeu a tirar proveito de situações seja elas causadas por desastres naturais ou provocadas por eles mesmos.
    Os petralhas seguem os ensinamentos de Saul Alinsky que dizia nunca deixe uma crise se perder, tire o máximo de proveito as custas de outros.
    A esse ponto eu gostaria de ver no Brasil, uma operação do tipo “Valkyrie” como foi feito na Alemanha, qdo alguns oficiais do exército Alemão que tinham consciência das ações abominantes de Hitler, tentaram por fim ao caos que foi criado pelos nazistas.
    Os brasileiros devem acabar com os petralhas, antes que acabem com o Brasil.

  27. Antenor P. Assis
    Antenor P. Assis

    Para o arrogante Alexandre de Moraes, a lei e a constituição são apenas detalhes insignificantes. O que vale é a sua opinião e o seu “puder”. Se esse ministro fosse realmente cumpridor da lei, estaria agindo dessa mesma forma com os “terroristas” do MST.
    Mas, como vai desagradar o seu queridinho Lula, finge que isso não existe. Mandar prender e vilipendiar pessoas simples e desarmadas (para não dizer, ingênuas), é moleza, não Sr. Alexandre?!

  28. Marcio Bambirra Santos
    Marcio Bambirra Santos

    LIBERTEM TODOS OS PRESOS POLÍTICOS!

  29. Elisabete de Godoi Buzoni
    Elisabete de Godoi Buzoni

    Eu nuca vi neste país algo tão grave como estas prisões! Os conservadores tem que buscar justiça, estas autoridades que cometeram este crime, tem que pagar! Mesmo sabendo que aqui na terra seria impagável, mas a justiça de Deus não falhara!

  30. Selma
    Selma

    CPI das manifestações Já!

  31. Marcus Barreto
    Marcus Barreto

    Acho que encarcerar pessoas sem a co retirar da Constituição tem outra denominação.

  32. Jo’Ana de Queiroz Santana
    Jo’Ana de Queiroz Santana

    Isso é um escândalo! O imperador é desumano, a imprensa carcomida é desumana! Tem que ser falado todos os dias, era para ser comoção nacional! Até os humanos dos órgãos de defesa dos Direitos Humanos são desumanos, hipócritas! Xandão aprendeu com o PCC, que defendeu por anos, sabe como manter bandidos protegidos e agir fora da lei.

  33. Maria Christina Leite Barbosa Motta
    Maria Christina Leite Barbosa Motta

    Apesar de estar ciente do fatídico 8/12/2022, é simplesmente estarrecedora e revoltante a realidade narrada por este artigo. Nunca imaginei assistir ás injustiças e ás arbitrariedades cometidas contra cidadãos brasileiros, sem antecedentes criminais em sua história de vida, e, o pior, sendo acobertadas sob o manto protetor da deslavada falácia de “Defesa da Democracia.” Nesse embalo frenético, decisões judiciais impostas em total desrespeito ao Estado Democrático de Direito, pondo por terra a tão apreciada segurança jurídica, como um dos importantes pilares de uma verdadeira Democracia.Por outro lado, assisto desanimada á omissão e a negação de agentes políticos e jurídicos, meios de comunicação corrompidos com as benesses de um sistema medonho, como se toda a sociedade não se desse conta dos absurdos cometidos na nossa atualidade. Espero, francamente, que possamos o mais breve possível, alcançarmos a Justiça para esses patriotas e que possam ser reparados os malefícios trazidos para suas vidas e toda a sociedade brasileira. Parabéns ao mestre Augusto Nunes e ao brilhante editor-assistente Cristyan Costa, pelo excelente artigo.

    1. Cristyan Costa

      Cara Maria Motta, obrigado por seu feedback. Fico feliz. Abraços

  34. IMP
    IMP

    *O PORÃO*
    Não, definitivamente não… não queríamos passar por isso, adiamos o quanto foi possível, até demais, mas quando soa o relógio sagrado do tempo das coisas, não há muito o que fazer. Chegou a hora da *faxina no porão*.
    Descendo as escadas, ao se abrir a porta e deixar o primeiro raio de luz entrar, é assustador ver tanta poeira, teias de aranha, ratos e baratas fazendo a festa.
    “Luz começando a invadir a sombra”: é exatamente este momento nacional que estamos vivendo. Analisando desta perspectiva constatamos que não teria o menor cabimento a reeleição do Bolsonaro. Também não faria sentido aplicar o Art. 136 ou 142 da CF, para evitar o desastre que a passos largos se aproxima.
    Obedecendo à inexorável e perfeita cronologia do Universo e da Vida, teríamos sim que passar por tudo isso e um pouco mais. Precisaríamos descer ao porão da pátria amada, para que *TODOS* constatassem com seus próprios olhos a absoluta sujeira entranhada na turma que está, com afinco e rapidez, se esforçando para destruir a nossa nação.
    É óbvio demais, mas todos, como São Tomé, precisaríamos *ver* (incapacidade, corrupção, conchavos, escárnio, censura e abuso) *para crer* que bandidos e criminosos não se regeneram com o passar do tempo, apenas ficam mais velhos… e mais nocivos.
    Do ponto de vista de um processo de limpeza, tudo o que está ocorrendo de trágico está absolutamente correto. Provavelmente a imundície terá que ficar ainda mais visível e deverá produzir mais alergias, incômodos, doenças ou até óbitos.
    *P.:* Quanto tempo levará essa bagunça?
    *R.:* O tempo necessário para a maioria do povo entender que, de bandidos, só podemos esperar mentiras, crimes, roubos e assassinatos.
    A visão do porão imundo e pestilento não poderia ficar restrita a alguns. Para evitar controvérsias, para atenuar a discórdia que tem separado familiares, amigos e irmãos, para que o povo possa alcançar a paz, seria imperioso acontecer o que está acontecendo, a sujeira precisaria ser esfregada na cara de *TODOS*.
    Por ora, rendamos graças a *DEUS* que, no comando de todas as coisas, está proporcionando ao povo brasileiro a oportunidade abençoada de olhar a verdade nua e crua. É impossível começar uma faxina sem que primeiramente tenhamos a exata noção do que precisa ser limpo.
    Desconheço a autoria.

  35. IMP
    IMP

    TEMOS QUE LUTAR PELA CPMI, O POVO TEM QUE DEIXAR DE ESTAR ACOMODADO E PARTIR PARA A LUTA, VAMOS OCUPAR OS ESPAÇOS PUBLICOS. O BRASIL ESTA SENDO DOMINADO POR UMA MAFIA SOCIALISTA COMUNISTA. ELES NAO IRAO CONSEGUIR PRENDER MAIS DE 80 MILHOES DE BRASILEIROS. DEIXEM DE SER COVARDES E ACEITA QUE UM STF, NITIDAMENTE MAIS UM PARTIDO POLITICO DE ESQUERDA ESTEJA OPRIMINDO O BRASIL COM LEIS FALSAS.
    VOCE AINDA TEM DUVIDAS QUE O POVO PRECISA REALMENTE LUTAR PELA LIBERDADE??? ASSISTA O FILME NA NETFLIX “”WINTER ON FIRE”” “” Em tempos tirânicos, sempre bacana reviver e aprender com as histórias daqueles que resistiram e venceram a perseguição e a censura.
    No começo dos anos 80 – olha que história incrível – os poloneses viviam sob a opressão comunista. Tudo era restrito e monitorado, sobretudo a comunicação e o direito de ir e vir.
    Os poloneses tiveram seus passaportes cancelados e durante os primeiros meses da Lei marcial, ninguém podia sequer viajar entre as cidades da Polônia sem a devida autorização do governo.
    Cartas sempre eram entregues abertas, amassadas dentro de sacos plásticos e com um carimbo escrito “Censurado”. Quando alguém discava um número no telefone, uma voz automaticamente avisava, “conversa monitorada”.
    Os comunistas assumiram o controle de toda a comunicação, substituíram âncoras e jornalistas dos jornais, rádios, tudo passou a ser monitorado e na TV era comum a transmissão de filmes russos sobre a Segunda Guerra Mundial.
    Então começaram a surgir editoriais independentes e clandestinos. Poloneses passaram a traduzir, imprimir e distribuir várias obras “subversivas” de Alexander Solzhenitsyn, George Orwell, e até mesmo de Murray Rothbard e Ayn Rand.
    O melhor veio com o heróico casal Zbigniew e Sofia Romaszewski. Eles montaram uma estação de rádio clandestina, que constantemente mudava de lugar para não serem pegos pela polícia.
    A transmissão era curta, cerca de oito a dez minutos de cada vez, sempre levando uma voz de esperança e notícias que jamais seriam divulgadas na mídia oficial.
    Uma certa noite, quando estavam “no ar”, perguntaram se havia alguém ouvindo e pediram para piscarem as luzes de suas residências para mostrar se acreditavam na liberdade.
    Zbigniew e Sofia, curiosos e ansiosos, correram para a janela para conferir e durante horas, assistiram toda Varsóvia piscando suas luzes nos apartamentos e casas. Foi a noite mais bela da história de Varsóvia e da Polônia.
    Os poloneses descobriram que não estavam sozinhos no sonho e desejo por liberdade. Algum tempo depois o regime comunista caiu e Varsóvia nunca mais teve uma noite nas trevas da tirania.
    Quem sabe os brasileiros em breve não façam o mesmo? Toda vez que alguém censurar e cercear liberdades, que as luzes pisquem para nos lembrar que somos muitos dispostos a lutar pela liberdade”” (RCL).
    (TENHO MEDO DE MORRER ACOVARDADO E ASSISTINDO ESSES IMPOSTORES CONQUISTANDO DEFINITIVAMENTE O BRASIL PARA O SOCIALISMO COMUNISMO)
    AS ELEIÇOES FORAM UMA COMPLETA FRAUDE E O SILENCIO DO POVO NAO IRA TRANSFORMAR ESSA MENTIRA EM UMA VERDADE.)
    IMP. (PRESENTE E PRONTO PARA A LUTA)

    1. José Miguel Sanchez Galves
      José Miguel Sanchez Galves

      Obrigado pelas palavras de incentivo, pois estou muito descrente !

  36. CUSTODIO DOS REIS PRINCIPE
    CUSTODIO DOS REIS PRINCIPE

    Muito se propala, após as condenáveis invasões e depredações de 8 de janeiro passado, que tais atos eram uma tentativa de golpe de Estado. Ora, um golpe de Estado visa mudar o sistema de poder vigente. Um sistema de poder vigente é exercido por PESSOAS. Assim, não compreendo porque invasões e depredações(que são atos de vandalismo e, portanto, criminosos) a PRÉDIOS(palácios) podem ser rotulados como golpes. Golpes são perpetrados contra PESSOAS ocupantes de cargos públicos e não contra INSTALAÇÕES FÍSICAS. Toda essa discussão de atentado contra a Democracia não se sustenta. Os vândalos envolvidos nos reprováveis atos de 8 de janeiro devem ser identificados e punidos por depredação do patrimônio público FÍSICO. E nada mais!

  37. Rodrigo Coimbra Hengler
    Rodrigo Coimbra Hengler

    Parabenizo a revista Oeste pela corajosa e esclarecedora matéria. Em tempos de repressão violenta às liberdades de expressão e de imprensa em nome de um suposto “estado democrático de direito”, esta reportagem é um oásis em meio ao silêncio ensurdecedor daquilo que um dia já chamamos de jornalismo.

    1. Cristyan Costa

      Gratíssimo por sua leitura e pelo comentário, Rodrigo. Forte abraço

  38. Fabienne Chalabi
    Fabienne Chalabi

    Essas ilegalidades cometidas pelo stf – sim todos eles são culpados por não contraporem esse lunarico que jogou no lixo nossa CN, apertam o coração dos brasileiros de bem ao ver pessoas totalmente inocentes serem tratados com tanta maldade. Essas mulheres e homens poderia ser eu😞

  39. Francisco
    Francisco

    Reportagem importantíssima. Parabéns!
    A verdade começa a aparecer. O crime cometido contra estas pessoas, não ficará impune. Se os deputados e senadores tiverem um pouco de vergonha na cara e alguns traços de coragem, já serão suficientes para levar a justiça os integrantes que Justiça que fizeram esta barbarie com pessoas inocentes.
    Em algum momento de nossa história, esta verdade aparecerá!

    1. Cristyan Costa

      Sua leitura nos prestigia, Francisco. Continue conosco. Abração

  40. Sergio Tadeu Medina 22
    Sergio Tadeu Medina 22

    Essas pessoas detidas injustamente vão um dia ser indenizadas pelo Estado. O povo irá pagar, enquanto os responsáveis, possivelmente usufruindo de polpudas aposentadorias, estarão impunes.

  41. Maria do Rosario de Castro Solla
    Maria do Rosario de Castro Solla

    Diz o ditado, A semeadura eh livre mas a colheita eh obrigatoria, quero viver ate ver a colheita de um certo membro do stf.

  42. MB
    MB

    Há menos de um ano, no dia 7 de Setembro, as ruas do Brasil estiveram lotadas de patriotas. Civis, homens, mulheres, idosos e crianças.
    É possível imaginar que as FFAA deixaram mais de mil pessoas serem presas injustamente?

  43. MB
    MB

    Até quando esta perversidade vai continuar? Alexandre de Moraes é um monstro!

    1. ALCINDO MILHORANÇA JUNIOR
      ALCINDO MILHORANÇA JUNIOR

      Enquanto o povo tiver medo, canalhas como esse vão fazer o que querem. Temos que voltar as ruas e lutar, é nosso direito e nosso dever, não podem nos calar. Inocentes presos em Brasília e covardes soltos em todo Brasil….

  44. Dario Ferreira da Silva Filho
    Dario Ferreira da Silva Filho

    Estamos observando o mais claro exemplo da utilização da força como o melhor instrumento de dissuasão de criticas ao atual desgoverno. Com medidas ditatoriais e nunca contestadas pelos demais poderes, o STF se posiciona como o braço forte do novo regime, mostrando sua força em medidas pseudo-jurídicas mas que, na verdade, servem apenas para mostrar aos possíveis “descontentes” que serão encarcerados e ponto final. No momento em que os presos não querem nem falar a respeito de suas situações ignóbeis e desumanas, a medida coercitiva em larga escala atingiu seu objetivo. O STF calou o descontentamento da nação e sempre foi este seu objetivo principal. Resta ver se o PT vai sobreviver ao STF..

    1. MB
      MB

      Tudo na vida tem um preço.

  45. FABIO R A BARROS
    FABIO R A BARROS

    Uma GRANDE injustiça que deveria indignar a todos, uma vergonha para o dito estado democrático de direito.

  46. Marcelo Gurgel
    Marcelo Gurgel

    Absurdo completo

  47. Gilberto F Motta Maia
    Gilberto F Motta Maia

    O desrespeito ao texto expresso na Constituição Federal começou no processo impeachment de Dilma Roussef, com a manutenção dos direitos políticos da ré, contrário ao artigo 52. Autores da interpretação criativa? Renan Calheiros e Enrique Ricardo Lewandowski (amigo de Stedile do MST). O ministro Alexandre de Moraes usa da mesma prerrogativa ao dar nova interpretação ao artigo 5. Vejam quantos incisos foram descumpridos com esse encarceramento em massa. E não há como recorrer de decisão monocrática de um ministro do Supremo. Da omissão do Congresso após a prisão do deputado federal Daniel Silveira vieram todas consequências do regime em que hoje vivemos no Brasil. E o Senado Federal? Silêncio profundo de seu presidente. Não são as leis que são falhas. São os homens que as interpretam.

  48. Daniel BG
    Daniel BG

    De que adianta a construção de um Estado quando seus funcionários envergonham a constituição?

  49. Antonio Carlos Neves
    Antonio Carlos Neves

    Augusto Nunes, mais uma vez pergunto quando você vai falar com o governador TARCISIO para mudar a direção da TV CULTURA e você e tua equipe de jornalistas terem uma TV para nos representar, ou seja, a centro direita brasileira, democrática, liberal e respeitosa nos costumes, na Lei e na Ordem. Volte a dirigir o RODA VIVA urgente para que se faça um jornalismo verdadeiro, e convide aquelas figuras que marcaram presença no programas anti-bolsonaro como FACHIN, RODRIGO PACHECO e outros assemelhados, para serem entrevistados novamente. Enriqueça o programa com representantes sérios da politica e intelectualidade brasileira como o DR. IVES GANDRA, os GEN. VILLAS BOAS, AUGUSTO HELENO, os economistas PAULO GUEDES, SACHIDA e CAMPOS NETO, o prof. de jornalismo CARLOS A. DI FRANCO, os senadores TEREZA CRISTINA, JORGE SEIF, MOURÃO e outros.
    Creio que o Alexandre de Moraes verdadeiro CEO do STF, com essa LIBERDADE VIGIADA pretende impedir que as pessoas não culpadas mas que poderiam liderar manifestações democráticas verde amarelas e pacificas, não se atrevam a se manifestar.
    Esta é a nossa democracia?

    1. Laudares Capella
      Laudares Capella

      Antonio Carlos Neves. Eu pensei que isto ocorreria logo que o Governador Tarcisio asumissse. Televisãozinha michuruca. Não dá para assistir.

  50. fabio de souza arcas
    fabio de souza arcas

    Caso toda essa força que a justiça empenha contra os manifestantes fosse dirigida a criminosos de verdade, os que traficam, matam e roubam. O Brasil seria um país bem mais seguro, certamente.

  51. Marcus Vinicius Leitão Lins
    Marcus Vinicius Leitão Lins

    Matéria sensacional que mostra a injustiça e a covardia que pessoas inocentes estão sofrendo.

    1. Alzira Conceição Pacheco de Lima
      Alzira Conceição Pacheco de Lima

      Em primeiro lugar quero registrar minha indignação e impotência frente a esses fatos dantescos.
      Em segundo, o que estão fazendo os marajás sustentados pelo erário que ainda não instalaram a CPMI? Sim, pq CPI nada esclarecerá, com certeza será entregue àqueles mesmos da CPI da covid por esse traste que foi reconduzido pelos próprios à presidência do senado.
      Aos deputados pergunto, qual é a dificuldade em conseguir apenas UM TERÇO entre essa tropa de sanguessugas? Até qdo teremos que conviver com tais políticos nesta republiqueta? Vcs não têm vergonha de escancarar que estão aí lutando em causa própria? Consideram que TODOS os cidadãos não conseguem conectar meia dúzia de neurônios, e, portanto, ninguém conseguiria perceber suas tenebrosas transações, é isso mesmo?
      Ah, mas que tola sou! Esqueci que não temos nem mesmo bispos aos quais apelar, já que a maioria apoia os desmandos da esquerda insana.
      A propósito, não creio que haverá a tal CPMI, eles estão fazendo corpo mole pra dar tempo de alguns descarados interesseiros retirarem as assinaturas. No máximo haverá o repeteco do circo da covid, com resultado igual a ZERO, é claro.

      1. MB
        MB

        Apoio integralmente a sua indignação. É um absurdo o que estamos vivendo. Como tem gente perversa no nosso país!

      2. MB
        MB

        Há menos de um ano, no dia 7 de Setembro, as ruas do Brasil estiveram lotadas de patriotas. Civis, homens, mulheres, idosos e crianças.
        É possível imaginar que as FFAA deixaram mais de mil pessoas serem presas injustamente?

    2. Cristyan Costa

      Obrigado pela leitura, caro Marcus. Abração

  52. José Carlos
    José Carlos

    Acabou a palhaçada povo bovino, agora é pau no lombo e cana 🐂🐃🐄🐮

  53. Sandra Ribeiro de Almeida Borges
    Sandra Ribeiro de Almeida Borges

    Esse Brasil aí, eu não sabia que existia.
    A imprensa suja, condenou e julgou as pessoas que estavam no acampamento. Vergonha. Esse STJ só serve para julgar quem eles quiserem.
    Eu tenho conhecidos que estavam lá no acampamento dia 08 de janeiro e nem passaram perto do congresso.
    Foram presos e usando tornozeleira
    Só porque é contra esse ditador que está no poder.
    Vergonha Nacional
    Temos que mostrar ao mundo
    Não tinha ninguém armado
    Carrascos são os que cometeram esse ato aí
    De aprisionar os que nada tinham com invasão.
    Mesmo os que entraram e quebraram
    Não são assassinos
    Não querendo justificar o ato
    Mas foi puro vandalismo

  54. ROBERTO MIGUEL
    ROBERTO MIGUEL

    perfeito, parabéns esse é o jornalismo de verdade não poupando os donos do poder esclarecendo a população da realidade dos fatos.

  55. Frederico Oliveira dos Santos Melo
    Frederico Oliveira dos Santos Melo

    Um absurdo! É o império do arbítrio.

  56. Paulo Roberto Vieira Camargo
    Paulo Roberto Vieira Camargo

    Apenas concordar com todo o teor do artigo do Jornalista Augusto Nunes .

  57. Luiz Antônio Alves
    Luiz Antônio Alves

    É possível que alguém atravesse a cortina de fogo e como é inocente total, sem condenação, entre com um processo pedindo indenização por dano mora e psicológico. Contra quem? Eis a questão. Mas, daqui a alguns dias encontrarão a resposa e os meios de processar alguma autoridade pela injusta prisão de inocentes.

  58. José Roberto de Amorim
    José Roberto de Amorim

    É uma das maiores atrocidades da idade moderna. É um retrocesso na evolução da humanidade que nos remete à idade média, tempos da inquisição.

    1. Joao Alberto Reboucas Nery
      Joao Alberto Reboucas Nery

      Já aconteceu o festival de vingança do Alexandre de Moraes em parceria com o Lula , isso é fato , agora só nos resta responder a altura pra esses covardes que atrocidaram crianças e idosos, e que venha a CPI e que os dois ditadores envolvidos sejam julgados e punidos!

    2. Joao Alberto Reboucas Nery
      Joao Alberto Reboucas Nery

      A Janja conseguiu um emprego e nós os Manés vamos pagar por isso: Fofoqueira de plantão tá empregada….

  59. Antonio Saggese Netto
    Antonio Saggese Netto

    As reportagens escritas por Augusto Nunes e Cristyan Costa são relevantes e nos fazem entender melhor o que está acontecendo no Brasil. Precisamos de mais jornalistas como vcs da Oeste, para ajudar a salvar o Brasil.
    Porém, não podemos esquecer o motivo principal desta situação atual. As urnas eletrônicas. Não ouço ninguém mais falar sobre isso! Não tenho a intenção de interferir na pauta da revista. Mas creio que temos de manter a reivindicação das urnas eletrônicas auditaveis sempre em evidência, para que nosso congresso tome providências para que esse sistema seja implantado. Os congressistas e todos os brasileiros, deveriam ser lembrados, nem que fosse por poucos segundos, diariamente deste assunto. A impressa livre, não pode parar de falar nisso. Daqui à menos de dois anos, vamos passar pela mesma situação outra vez??!!
    Gostaria de ver os jornalistas do Sem Filtro, falando sobre isso.
    Agradeço a todos vocês pelo que estão fazendo pelo Brasil, em especial ao Sem Filtro.
    Continuem sempre.

    1. Mara Nadia Jorge Mattos
      Mara Nadia Jorge Mattos

      Nunca vi nada igual, revoltante. Moraes tinha q ser preso por todas as suas arbitrariedades, por destruir a vida das pessoas .TIRANO/MONSTRO .
      A sociedade clama pela CPMI td foi arquitetado entre o governo e o judiciario não resta dúvida. Punir os vândalos, mas colocar tds no mesmo balaio é a maior violação dos dieeitos humanos, isdo se chama DITADURA.
      Parabéns pela matéria, a velha mídia age como se não existissem presos politicos. NOJO DESSA MIDIA MILITANTE, do DESGOVERNO DO LADRÃO e do STF QUE DEVERIA HONRAR A CONSTITUIÇÃO .

    2. Cristyan Costa

      Fico feliz pelo comentário, Antonio. Continue conosco

  60. Luzia Helena Lacerda Nunes Da Silva
    Luzia Helena Lacerda Nunes Da Silva

    Arrepiante.
    É hora da reação.
    Porque não somos todos covardes, omissos e alienados,
    Porque somos feitos de medo, sim, mas somos feitos de brio, solidariedade, compaixão e vergonha na cara. E muita dignidade. Como demonstram Augusto e Cristyan nos dois artigos, o da semana passada e neste.

  61. Iêda Souza Lima
    Iêda Souza Lima

    NÃO HÁ MAL QUE PERDURE PARA SEMPRE!

    DEUS SALVE O BRASIL!

  62. Thompson Fernandes Mariz
    Thompson Fernandes Mariz

    Quanto ódio esse ministro tem no coração? Quantas “otoridades” estão participando dessa nojeira? Será que eles nunca ouviram falar da lei – natural – do retorno?
    Eu tenho nojo das barbaries praticadas por esses cretinos, desmoralizando a nossa frágil democracia e, sobretudo, impondo uma pena severíssima ao povo brassileiro, sem julgamento e sem o devido processo legal.

  63. Osmar Martins Silvestre
    Osmar Martins Silvestre

    Poucos poderiam imaginar até que ponto o País se corromperia, a que ponto o povo seria esmagado e desprezado. Para as FFAA tudo isso é muito normal, nenhum inimigo atravessou nossas fronteiras. O Lula, o desqualificado que sempre posou de amigo dos pobres, nunca passou e não passa de um patético fantoche na mão de todos os caras que o tiraram da cadeia e o puseram lá para fazer esse papel de palhaço que está fazendo com muito brilhantismo. Fica vociferando contra o seu antecessor, é só o que sabe fazer. Não vê o sofrimento do povo, deixa rolar. Fala-se de “julgamento da História”… não serve para nada. Quando ocorrer, todas as vítimas já terão suas vidas arruinadas, muitos não estarão mais por aqui, nenhuma das vítimas será compensada, o mal estará consumado e quem o provocou nunca será punido. O povo é ameaçado, assaltado e perseguido nas ruas e em qualquer ponto do território nacional. Este lugar acabou como Nação porque as instituições que criamos descartaram o seu próprio povo ao definirem o futuro deste contorno geográfico que uma vez foi o Brasil.

  64. Teresa Guzzo
    Teresa Guzzo

    Quem visitou o acampamento aqui em São Paulo do comando do sudeste,bem próximo ao parque do Ibirapuera,sabe que as pessoas que lá estavam não eram terroristas,ladrões ou criminosos.Nunca vi um local público tão limpo e organizado,apenas pediam a ajuda militar,cantavam o Hino Nacional e não desejavam que o País retrocedesse a um regime corrupto e sem leis.Muitos foram para um campo de concentração em Brasília.Vidas ceifadas por um tirano,ditador. O Brasil jamais esquecerá o dano irreparável na vida de tantos brasileiros, que desejavam um destino melhor para seu País. Os verdadeiros culpados pela destruição, dificilmente serão punidos.

  65. DONIZETE LOURENCO
    DONIZETE LOURENCO

    Precisamos separar as coisas. O Brasil tem Lei demais e Direito de menos. Não me recordo de ter notícias de situação análoga nem no noticiário dos governos militares (1964-1985).
    Vivemos uma ditadura onde os “camaradas” tentar colorir com a pecha de democracia.
    O argumento utilizado para remoção dos detidos para os presídios, é o mesmo utilizado pelos nazistas para colocar os judeus nas câmaras de gás sob o argumento de que iriam tomar banho.
    Brasil, vergonha mundial, apesar de que o mundo não anda tão favorável assim.

    1. Laudares Capella
      Laudares Capella

      Donizete. Quantas verdades.

  66. Antonio Glenio Faria Marcondes De Albuquerque
    Antonio Glenio Faria Marcondes De Albuquerque

    Os fatos descritos na brilhante exposição de Augusto Nunes e Cristyan Costa chegam como se fosse um tapa em nossa cara. Nunca se imaginou tamanho desrespeito às normas de direito absolutamente ignoradas pelo ministro que assume quatro posições num mesmo feito: acusador, juiz, julgador e carcereiro (define quem pode ou não, chegar perto dos aprisionados). É um ato antidemocrático por excelência o aprisionamento e tudo o mais que aflige cidadãos brasileiros. É algo típico do regime de POL POT. A morte moral dos “aprisionados já aconteceu”, a psique dos prisioneiros (sem acusação individualizada) está compromissada e a caminho da depressão ou danos piores à própria vida. A vergonha imposta com as tais argolas nas canelas é a marca a ferro dos temos modernos. Agora o silêncio das entidades civis, uma das quais que entroniza o palco dos covardes, é a OAB, assim como a alegria dos redatores ou “jornazistas” da maldita imprensa velha.

  67. Reginaldo Corteletti
    Reginaldo Corteletti

    A naturalidade com que se soltou preso condenado em três diferentes juizos sem reação da sociedade, que esta anestesiada, é a origem dos crimes praticados por juizes do STF e do TSE; com a complacencia do presidente do senado. Todos serao julgados pela história. O que ocorreu em brasilia foi simplesmente um quebra-quebra por pessoas inautas e irreponsavel, que devem responder pelos seus atos; e mais nada. Estar presente na esplanada ou em frente a quarteis nao configura crime algum na minha opinião de leigo.

  68. Duílio Borges Caravieri
    Duílio Borges Caravieri

    Foi inocência da nossa parte achar que no Brasil ia ser diferente que nos EUA , todos sabem que a vontade popular é um detalhe. Quem manda mesmo é a vontade do sistema .Representados e aparelhados mundialmente ( ONU,OMS e seus puxadinhos ,Vaticano ,Hollywood ,grandes fortunas e a velha imprensa mundial sempre bem remunerada por governantes mal intencionados e corruptos.

    1. JAMIL HALLE NAJM
      JAMIL HALLE NAJM

      Lamentável a ditadura.

  69. Leonardo Vidal Baldez
    Leonardo Vidal Baldez

    Impressiona a forma como esses fatos são ignorados e distorcidos pela grande imprensa. Poucas vozes contra esses absurdos… Parabéns a Oeste.

  70. SILVIO TADEU DE AVILA
    SILVIO TADEU DE AVILA

    A empáfia do Sistema, que tem como ponta de lança um luciferista (só pode), que “prende e arrebenta”, é estarrecedora. Como estarrecedor também é o fato de as prisões (tipo “arrastão”) terem ocorrido sob os olhos das FFAAs, e – pasme-se ainda mais – ainda durante o Governo do tal de Bolsonaro, que escafedeu-se para os EUA e deixou todo esse povo de boa-fé que o apoiava confiando que uma (achincalhada) coisa chamada Constituição seria respeitada. Ledo engano, muitos inocentes, sob a pecha esdrúxula de “terroristas” foram jogados no fundo do inferno. É dantesco demais. Mídia, juristas, OAB, ABI, Associações de juízes, do MP e da Defensoria, FFAA´s, vocês não têm consciência do que estão apoiando explicita ou tacitamente (por que quem cala consente)???

    1. Renato Perim
      Renato Perim

      Silvio, só uma correção no seu comentário; essas prisões NÃO OCORRERAM NO GOVERNO BOLSONARO. Dia 08 de janeiro de 2023 infelizmente o presidente “eleito” e diplomado era o carniça.

      1. SILVIO TADEU DE AVILA
        SILVIO TADEU DE AVILA

        Verdade Renato, te agradeço. Mas quanto ao mais, Bolsonaro foi para os EUA antes do término do seu mandato, está praticamente caladinho, já desde antes deixou um monte de apoiadores jogados à própria sorte, falou um monte de bravatas (“eu autorizo” não deu em nada). Claro que lutar contra um Sistema enorme, pérfido e poderoso desses não é brincadeira, mas ele bravateou demais e muita gente acreditou nele e se ferrou.

      2. Renato Perim
        Renato Perim

        Sim, Silvio, eu não posso contradizer seus argumentos. Infelizmente deixou a desejar. Mas parece que não tinha apoio. Embora eu ache que ele não precisasse de apoio de ninguém, afinal era o comandante das forças armadas e não precisava de autorização de quem quer que fosse pra decretar o artigo 142. Deu no que deu.

Anterior:
‘O estado de espírito modula o sistema imunológico’
Próximo:
Carta ao Leitor — Edição 225
Newsletter

Seja o primeiro a saber sobre notícias, acontecimentos e eventos semanais no seu e-mail.