Pular para o conteúdo
publicidade
Edição 61

Carta ao Leitor

A África e o futuro do mundo, a arena de bobagens instalada no Senado e a mídia que torna invisíveis milhões de brasileiros

Redação Oeste

-

O continente africano foi definidor na história do Homo sapiens. A espécie surgiu na África, ali desenvolveu a linguagem e estabeleceu as primeiras estruturas do que mais tarde pôde vir a ser qualificado de civilização. A África será novamente decisiva nas grandes mudanças demográficas pelas quais o mundo passará nos próximos anos. A população africana se multiplicará, num movimento inverso ao de países europeus desenvolvidos. Antes de 2050, a Nigéria, com mais de meio bilhão de pessoas, terá mais gente que os Estados Unidos. Em 2070, a República Democrática do Congo e a Etiópia serão mais populosos que o Brasil. Os desafios que se impõem são atordoantes. A África, apesar do mix cultural vibrante e da formidável riqueza histórica, testemunha há séculos conflitos étnicos sangrentos e, há décadas, sucessivos golpes militares. Mais recentemente, o extremismo islâmico se tornou um pesadelo adicional.

O cenário que hoje se projeta é de um continente com multidões de jovens pobres, com nível educacional precário, exatamente num período da História humana em que o mercado demandará profissionais cada vez mais qualificados. Muito objetivamente: as escolhas que os africanos farão no curto prazo vão impactar a vida dos nossos filhos e netos. No momento, os sinais não são alvissareiros. Experiências bem-sucedidas dos países que implementaram políticas liberais — Ruanda, Botswana e Ilhas Maurício — não têm sido replicadas. Para analisar o complexo quadro que se apresenta no que diz respeito às transformações demográficas, a Redação da Revista Oeste convocou a jornalista, professora e Ph.D. em Jornalismo Digital Ana Brambilla. O resultado de seu trabalho está na reportagem “Como será o mundo nos próximos anos”.

publicidade
publicidade

Newsletter

Seja o primeiro a saber sobre notícias, acontecimentos e eventos semanais no seu e-mail.