Carta ao leitor

Como a Revista Oeste busca manter uma voz sóbria e segura em meio a tanta estridência

Há vozes estridentes em excesso. A Revista Oeste prefere manter o tom sereno e seguro. É com serenidade que J. R. Guzzo questiona quão graves são as crises que fazem boa parte da mídia conjecturar, ao menos a cada quinze dias, o irremediável fim do governo.

Ana Paula Henkel segue o caminho do comedimento ao propor uma reflexão acerca do papel que o Judiciário, em especial o Supremo Tribunal Federal, tem assumido atualmente. Esse é também o tema da entrevista que a editora Paula Leal fez com o jurista Ives Gandra Martins. Paula assina outra entrevista, com o presidente e o diretor-executivo da Prevent Senior, Fernando Parrillo e Pedro Benedito Batista Júnior. Houve muitos ruídos em torno da atuação da operadora de saúde nesta pandemia de covid-19 e aqui, novamente, a Revista Oeste busca abordar o assunto com moderação, atendo-se aos dados.

Um formidável levantamento de dados deu suporte à reportagem de capa. A editora Branca Nunes e os repórteres Cristyan Costa e Artur Piva fizeram um trabalho excepcional e expõem como as verbas extraordinárias utilizadas sem licitação por prefeituras e governos estaduais são a origem de mais um daqueles casos de corrupção que envergonham a sociedade brasileira, o Covidão. E o colunista Augusto Nunes nos mostra como a roubalheira endêmica consegue ser mais resistente que o vírus chinês.

Igualmente resistentes parecem ser algumas ideias disparatadas, comprovadamente malsucedidas, como o IGF, Imposto sobre Grandes Fortunas. O professor Ubiratan Jorge Iorio demonstra como tributar excessivamente os ricos pode acabar tornando-se uma medida prejudicial aos pobres.

Uma bela ideia que infelizmente está em risco é a Europa. “A identidade europeia foi desgraçadamente reduzida a versões ideológicas de palavras como diversidade, tolerância, respeito”, escreve o cientista político Bruno Garschagen. Ao distanciar-se dos fundamentos e das tradições, a todo momento lembrados pelos defensores do pensamento conservador, a Europa como a conhecemos pode desintegrar-se.

Como se vê, é necessário moderação e parcimônia para enfrentar os dilemas impostos pela contemporaneidade.

Boa leitura.

Os Editores.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

8 comentários Ver comentários

  1. Muito bom a criação dessa revista digital, a qual abre os olhos das pessoas para um outro lado da extrema imprensa. Parabéns a todos que põem este projeto!!!! Assim como o Brasil Sem Medo (BSM)!!!!

  2. Estou adorando a Revista Oeste. Fazia muitos anos que não lia reportagens, comentários e colunas escritas para informar, esclarecer, refletir e, até para discordar. Tudo escrito e desenvolvido com inteligência, competência e profissionalismo, alertando para o que o mundo e Brasil estão vivendo e que podem vir a viver. Parabéns! Aguardo o App – que venha rápido pelo sucesso que é inevitável.

  3. Bom dia a todos.
    Notei que nos comentários acima não se faz nenhuma menção a publicação digital “BRASIL SEM MEDO”. Quanto a “Gazeta do Povo” notei que posicionou-se muito precipitadamente ao lado do Juiz Moro, deixando o papel de vilão somente com o Presidente da República.

  4. Parabéns a Revista Oeste, assim como Gazeta do Povo, um oásis de seriedade e bom senso, num mar de arrogância, informações distorcidas ou enviesadas.

  5. Parabéns à Oeste e todos os seus colunistas… magistral! Que bom que temos, em meio à nojeira que impera na mídia tradicional, uma publicação de tão alto nível, não canso de ler as matérias…algumas leio mais de uma vez!
    Fiquem sabendo que vou divulgar a todos os meus contatos…se me permitem, serei seu representante!

  6. A Revista Oeste – e, se me permitem, a Gazeta do Povo, de Curitiba – são as melhores coisas que surgiram neste país nos últimos (quantos?, 500?) anos. O que acredito esteja acontecendo é o que Meira Penna classificou como a sobrevivência do Dinossauro (o Estado dominado pelos grupos/corporações). Parabéns à Oeste por estar tão à frente deste Brasil. Muitos anos de vida, Oeste, e que eu os tenha para deleite da leitura e do conhecimento.

    1. Concordo com o seu comentário sobre a Revista Oeste e A Gazeta do Povo, pesquisei muito até encontrar esses dois excelentes veículos de informação. Sobre a Revista Oeste, que tenha vida longa e que conquiste cada vez mais leitores.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.