Saiba o que é 'A Maior Ação do Mundo', iniciativa que questiona atos do STF

Em 4 jul 2020, 13:10

Saiba o que é ‘A Maior Ação do Mundo’, iniciativa que questiona atos do STF

4 jul 2020, 13:10

O advogado Emerson Grigollette, um dos coordenadores do movimento, fala a Oeste

Fachada do Supremo Tribunal Federal | Foto: Fellipe Sampaio/SCO/STF

Um grupo de advogados lançou na última segunda-feira, 29, o movimento chamado de “A Maior Ação do Mundo”, que busca recorrer a organismos internacionais contra medidas tomadas no âmbito do inquérito das fake news.

O inquérito foi aberto em 2019 pelo presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, para apurar ofensas aos ministros da Corte.

Leia mais: “Alexandre de Moraes prorroga inquérito das fake news”

No manifesto que explica a ação, os organizadores denunciam violações e retomam a frase do ministro do STF Marco Aurélio Mello que classificou o processo das fake news como “inquérito do fim do mundo”.

A ação consiste no envio de denúncias, relatos e notas a organismos internacionais como a Corte Interamericana de Direitos Humanos e o Tribunal Internacional de Haia “contra as violações de direitos fundamentais humanos e ofensas aos direitos dos advogados”.

Proposta

O advogado Emerson Grigollette, um dos coordenadores nacionais da ação, conversou com Oeste.

Ele explica que “A Maior Ação do Mundo” é um conjunto de iniciativas que busca levar ao conhecimento de instituições de defesa de direitos humanos e que protegem as prerrogativas dos advogados contra as “várias arbitrariedades, ilegalidades e inconstitucionalidades” do inquérito.

“Estamos vivendo um período muito crítico em que vários direitos fundamentais estão sendo violados. É uma verdadeira balbúrdia jurídica”, destaca Grigollette.

A Maior Ação do Mundo

Advogado Emerson Grigollette, coordenador-geral de “A Maior Ação do Mundo”
Foto: Reprodução

Ele afirma que, desde 27 de maio, os advogados que defendem pessoas indiciadas no inquérito tentam acessar os autos.

Leia a entrevista com Otávio Fakhoury, alvo do inquérito das fake news, na edição 12 da Revista Oeste

“Ao Supremo cabe a proteção da Constituição, mas não é, infelizmente, o que a gente tem visto”, constata o advogado.

Ele afirma que o ministro Alexandre de Moraes disponibilizou apenas trechos, o que inviabiliza uma defesa mais consistente dos clientes. “Até hoje, efetivamente, não tivemos vista integral desse processo.”

“Precisamos ter acesso ao inquérito na íntegra justamente para que a gente possa exercer nossa profissão, preservando a ampla defesa, o contraditório e o devido processo legal”, disse Grigollette.

Ele também afirma que a Ordem dos Advogados do Brasil “não fez absolutamente nada” em defesa dos advogados que defendem clientes no inquérito.

“Com certeza isso vai ter um efeito reflexo que é a responsabilização de quem violou esses direitos”, alerta o advogado.

Ele destaca que “A Maior Ação do Mundo” não é restrita só a advogados, e é desejável também o apoio da população.

Quem quiser participar pode assinar uma nota de apoio que será encaminhada juntamente com todas as situações porque eu peço isso para as pessoas”, destaca Grigollette.

Acompanhe o vídeo feito pelo advogado Emerson Grigollette para Oeste

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

22 Comentários

  1. Só com a pressão internacional mudaremos o STF

    Responder
  2. Perda de tempo o presidente tem e que fechar esse antro de ditadores e nomear novos ministros nao sou contra o STF mais contra essa bandidagem que ta querendo tomar o poder

    Responder
  3. FRANCAMENTE, o “ministro da justiça” André Mendonça e nada são a mesma coisa!! Ele teve o descaramento de chamar Toffoli de um verdadeiro estadista, ontem na CNN. Reduziu o presidente a que????
    Começo a duvidar da INTEGRIDADE DO MENDONÇA NAS INVESTIGAÇÕES DO COVIDÃO EM S.PAULO.

    Responder
  4. O Mendonça tá parecendo Moro, de braços cruzados enquanto o povo sofre perseguição. Tudo pra garantir sua indicação ao STF, mas se depender de nós NUNCA SERÁ JUIZ DO SUPREMO!!
    #ForaMendonça
    #ForaAGU
    #ForaJorgeOliveira

    Responder
    • É dever do CN caçar o juiz que esta usurpando os outros poderes, porém os últimos presidentes do SF tem barrado as iniciativas dos senadores para esse fim, há um acordo entre esses dois poderes para não tomarem iniciativas recíprocas o que aparentemente devia haver uma iniciativa da PGR para fazer essa denúncia o que também não acontece por medos recíprocos, teria de se mudar a maneira de eleger juízes com alto saber jurídico para que livres de aparelhamentos possam ser imparciais na interpretaçõe das leis e De seus julgamentos

      Responder
    • É dever do CN caçar o juiz que esta usurpando os outros poderes, porém os últimos presidentes do SF tem barrado as iniciativas dos senadores para esse fim, há um acordo entre esses dois poderes para não tomarem iniciativas recíprocas o que aparentemente devia haver uma iniciativa da PGR para fazer essa denúncia o que também não acontece por medos recíprocos, teria de se mudar a maneira de eleger juízes por um comitê de autoridades que tenham alto saber jurídico para que livres de aparelhamentos possam ser imparciais na interpretação das leis e de seus julgamentos

      Responder
  5. Vamos juntos contra as arbitrariedades do STF. Ditadura da toga não!!

    Responder
    • Que vergonha, tem que mudar a forma de escolher estes caras ou simplesmente extinguir o STF . Eu proponho concurso , mas feito por organismos sérios .

      Responder
    • No meu humilde entendimento todas as arbitrariedades que autoridades de poderes estão cometendo, rasgando a Constituição, ganharam força no momento em que se certificaram que as FA nada fariam para manter o trem nos trilhos. As FA estimularam os acontecimentos e são coniventes com tudo que está acontecendo.

      Responder
    • Estamos JUNTOS nessa cruzada❗ABAIXO OS TOGADOS CRIMINOSOS❗

      Responder
  6. Agora o mundo vai saber quem são os ditadores e nazistas no Brasil!

    Responder
    • Triste ver nas ruas como o STF, nossa suprema corte, é mal vista pelos brasileiros.desgaste total. E a descrença na capacidade, na competência dos seus membros é algo impressionante. A no que mais de 80% dos brasileiros não confiam ou acreditam na competência da corte. Só conversar com os brasileiros que sabem o que é o STF a corte suprema falo assim por que muito a brasileiros analfabetos ou semi nem sabem o que é. Estes não adianta pesquisar. Triste mesmo está constatação.

      Responder
  7. Tem todo meu apoio.

    Responder
  8. Infelizmente o STF, é uma vergonha, seus integrantes estão vivendo em outra dimensão, eles se consideram deuses do Olimpo.

    Responder
  9. Tudo o que está acontecendo é revoltante, principalmente porque a OAB se omite. Inacreditável!

    Responder
    • Em tempo: isso não pode acabar em pizza. Tem que ter consequências.

      Responder
  10. Esse é o caminho…temos que tomar as medidas corretas nos orgãos competentes, sem essa loucura de fechar isso, fechar aquilo. É preciso seguir os caminhos democráticos, mesmo que mais lentos.

    Responder
    • Infelizmente, nenhum dos onze atuais ministros do STF tem isenção. Todos estão comprometidos com quem os indicou e em aumentar e garantir seus privilégios pessoais.
      São onze caricaturas mesquinhas dispostas a defender bandidos que assaltam o dinheiro dos impostos descaradamente e enviar pra cadeia pessoas sem condenação e, absurdo, sem acusação formal. Os membros do STF decapitaram a então agonizante justiça brasileira.

      Responder
  11. A Maior Ação do Mundo pode ser um freio de arrumação no judiciário.

    Responder
  12. É necessário haver Justiça,com Respeito, Imparcialidade sem benefícios Políticos, sem negociação de Habeas Corpus, perseguições Partidárias e principalmente Eleições Diretas para está Casa .
    Principalmente com Majestrados sem Imunidades !!!

    Responder
  13. #TamoJuntos

    Responder
  14. Merece total apoio o esforço do Sen. Lasier Martins de reformar o sistema de indicação e seleção de ministros para a Alta Cout, STF.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa news

Coronavírus

Oeste Notícias