Salles afirma que não comparou Maia a 'Nhonho' - Revista Oeste

Edição da semana

Em Em 29 out 2020, 07:20

Salles afirma que não comparou Maia a ‘Nhonho’

29 out 2020, 07:20

“Usaram minha conta indevidamente”, afirmou o ministro do Meio Ambiente

rodrigo maia - filho de cesar maia - condenado por improbidade administrativa

Presidente da Câmara teria sido comparado ao personagem do seriado mexicano Chaves
Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, informou nesta quinta-feira, 29, que não ofendeu o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia. A conta do integrante do Poder Executivo no Twitter registrou a seguinte mensagem em resposta a Maia: “Nhonho”. A fala é referência que faz alusão à personagem interpretada pelo ator Édgar Vivar, do seriado mexicano Chaves. Contudo, Salles garante que não é o responsável pela publicação. No sábado 24, Maia resolveu apontar a artilharia para Salles e afirmou que o ministro está destruindo o governo Jair Bolsonaro da mesma forma que fez com o meio ambiente. O demista havia saído em defesa do ministro da Secretaria de Governo, general Ramos, criticado por Salles devido a declarações dadas numa entrevista. Ventila-se nos bastidores que Ramos quer tirar Salles do cargo, conforme noticiou Oeste.

Leia também: “Depois de Salles, Maia resolve ‘bater’ em Guedes”

salles

Foto: Reprodução/Twitter

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

18 Comentários

  1. Do que é que o Botafogo está reclamando?
    1) Todo mundo sabe que o Maia é o nhonho escrito e escarrado como se dizia antigamente
    2) Se tivesse chamado de Botafogo (que também é outro nome da figura conforme a Odebrecht) até poderia ficar ouriçadinha…
    3) Esse vagabundo desse nhonho/botafogo já há muito mostrou o lixo que é, e que tem a quem sair !
    Tá falado!

    Responder
    • Aqui não se desmente ninguém.
      Esse demente tem que pautar a PRISÃO em 2a. Instância e fim do foro privilegiado, para sobreviver politicamente, nas tetas do estado como uma porquinha chorona.
      Mas tem medo de que seja ele o primeiro Joio a ser peneirado, e assim vai se desfinhando a cada dia, tramando, conspirando contra a NAÇÃO.

      Responder
    • O termo certo e civilizado é: “Esculpido em Carrara” (mármore). Aí o povão traduziu para “Cuspido e escarrado”.

      Responder
    • Ué, pensei que o nome dele tivesse Nhonho no meio , por parte de pai !

      Responder
  2. NHONHO! NHONHO KKKK! Se foi usado indevidamente ou não, não importa, pois botafogo, além de corrupto que permanece impune depois de receber propina da Odebrecht, é uma desgraça política. Esse lixo humano sabota o governo desde o primeiro dia e está desesperado pq sabe q seu futuro político acaba em 2022. ATENÇÃO POVO DO RJ, EM 2O22, NAO VOTE EM BOTAFOGO MAIA, VAMOS DESRATIZAR A POLÍTICA!!!

    Responder
  3. Como alguém pode fazer isso? No caso presente: Entrar indevidamente na conta do twitter de alguém? Gostaria muito em saber como se faz isso, não que esteja interessado em prejudicar alguém mas só para saber.

    Responder
    • Salles não tem que ficar explicando nada. Quem tem tem que explicar alguma coisa coisa a nação é o Botafogo, esta figura medíocre.

      Responder
  4. O meliante do Maia tem que sumir definitivamente da vida pública.
    É um estorvo para o povo brasileiro!

    Responder
  5. Sou fã do seriado Chaves, não admito que comparem um dos personagens com esse lixo, corrupto e desqualificado do Botafogo!!!!!

    Responder
  6. FUNCIONÁRIO DO GABINETE DO SALLES À MANDO DO RAMOS OU DOS LÍDERES DO GOVERNO CENTRÃO. Não duvido!!
    Ramos é MANIPULADOR e CENTRALIZADOR, mas Bolsonaro acredita no “amigo” de loooooooonga data. Já vi este filme com outro General Santos Cruz.
    BOLSONARO ESTÁ ENTREGANDO DE JOELHOS O GOVERNO “CONSERVADOR” AOS CRIMINOSOS DO CENTRÃO. Que decepção!!

    Responder
  7. Esse é um autêntico bebê mimado chorão. Qualquer coisinha é motivo para chorar. Que vergonha! Digo com todas as letras: Esse traste é o símbolo do atraso do Brasil. Engaveta tudo. Deus nos livre de político assim.

    Responder
  8. Porque o Nhonho não quer ser chamado de Nhonho. Corre contar para sua mãe Nhonho…..ahhh essa fala é de outro personagem né Nhonho. Ou seria Nhonho Botafogo?

    Responder
  9. SALLES EXCLUIU SUA CONTA NO TWITTER? Tem que investigar o hacker!!

    Responder
  10. Ah tá. Então quem foi? O Seu Madruga?

    Responder
    • Poxa será que a Oeste vai ficar igual ao Antagonista e virar site de fofoca? Independentemente do que se disse ou não o fato é que o Botafogo fala o que quer na hora que quer, quando deveria estar cumprindo as suas tarefas e obrigações em prol do melhor pra nação.

      Responder
  11. O ministro Salles equivocou-se. Ele queria dizer DJANHO.

    Responder
  12. NHONHO !!!! ESSA FOI OTIMA!!!KKKKKKKKK

    Responder
  13. #Nhonho.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter

Colunistas

O império dos sem-voto

Há cada vez mais pessoas que nunca receberam um único voto na vida, e não têm mandato nenhum, dizendo o que o cidadão deve ou não deve fazer

O mal de roupa nova

O Partido Democrata não esconde as intenções: quer mais coletivismo, menos autonomia dos Estados, maior controle exercido pelo Executivo central e intervenção na economia

A nova Torre de Babel

Ao contrário do mito bíblico, a torre atual está sendo edificada com base na confusão proposital das palavras por indivíduos desprovidos de inteligência e coragem

Segundo turno nupcial

“Ué, você tá torcendo pra mim?” / “Não sei. Estou indeciso”

A imprensa morre no escuro

A atividade que já foi chamada de “quarto poder” escorrega perigosamente para a irrelevância

O resgate de Tocqueville

O desprezo pelo cristianismo, tão comum em meios “progressistas”, representa um perigoso afastamento dos pilares norte-americanos

A coerção e o coronavírus

A necessidade de restrições ocasionais não deve abalar os fundamentos do verdadeiro liberalismo, sustentado no “inovismo” e no “adultismo”

Uma nova doença: o vício em desculpas

Poucas figuras públicas têm a força de caráter para se recusar a pedir desculpas aos identitaristas, que gostam de desempenhar o papel de vítimas permanentes

Você não pode perder

A VOZ DAS REDES

Uma seleção de tuítes que nos permitem um olhar instigante do mundo, ajudam a pensar e divertem o espírito

LEIA MAIS

Oeste Notícias

R$ 19,90 por mês