São João de Meriti se volta à reabertura do comércio

Edição da semana

Em Em 2 jun 2020, 15:51

Mais uma cidade brasileira se volta à reabertura do comércio

2 jun 2020, 15:51

São João de Meriti, na Baixada Fluminense, inicia processo para reaquecer a economia local

são joão de meriti - rio de janeiro - fernando frazão - agência brasil

São João de Meriti é mais um município do RJ a tentar voltar ao normal | Foto: FERNANDO FRAZÃO/AGÊNCIA BRASIL

Com o passar dos dias e das semanas, mais municípios visam entrar para a lista do Brasil que não se rendeu ao vírus chinês. Desde ontem, parte do comércio pode funcionar em São João de Meriti. A abertura da cidade que integra a Baixada Fluminense ocorre após duas fases de medidas restritivas como forma de se combater a proliferação do novo coronavírus.

Leia mais:Nenhuma morte confirmada por coronavírus na Espanha nas últimas 24 horas

A retomada das atividades em São João de Meriti foi confirmada por meio de anúncio do prefeito Dr. João. Em vídeo divulgado no último fim de semana em sua fan page, ele adiantou que a decisão em prol da reabertura de parte da economia teve caráter técnico. Avisou que, entre outros pontos, conversou com empresários, integrantes do gabinete de crise, equipe da Secretaria de Saúde e profissionais das emergências dos hospitais.

Posted by Dr João on Friday, May 29, 2020

“Tomamos a decisão de tornar um pouco mais flexível o comércio da nossa cidade”, disse o prefeito. Para tomar tal decisão, o mandatário falou em “estabilização” do número de novos casos confirmados de coronavírus em São João de Meriti. Sobre os casos de óbitos, contudo, ele revelou que teve uma “pequena elevação” ao decorrer das últimas semanas.

“Um pouco mais flexível”

Recomendações

A fim de retomar a economia da cidade e não ver os casos de infectados e de mortos subirem em São João de Meriti, Dr. João fez algumas ponderações. Garantiu, por exemplo, que os setores que serão atendidos nessa reabertura precisam adotas medidas preventivas. Dessa forma, deve-se evitar aglomerações. E, sobretudo, o uso de máscaras de proteção facial segue obrigatório.

Setores beneficiados

Ademais, o prefeito listou os segmentos que, pelo novo decreto, podem voltar a funcionar em São João de Meriti:

  • Escritórios de advocacia;
  • Escritórios de contabilidade & arquitetura;
  • Lojas de revenda de automóveis;
  • Restaurantes;
  • Barbearias, cabeleireiros & salões de beleza;
  • Lojas de aviamentos & armarinhos;
  • Óticas;
  • Estacionamentos particulares.

Na mira da Justiça

Apesar de o prefeito de São João de Meriti — que é médico por formação — ordenar a reabertura do comércio, a decisão pode ser derrubada pelo poder Judiciário. Isso porque outras duas cidades do Estado do Rio de Janeiro tiveram suas retomadas econômicas barradas por decisões judiciais: Armação dos Búzios e Duque de Caixas. Conforme registrou Oeste, agentes da Justiça decidiram invalidar estratégias do Executivo. A saber: Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF) vai pelo mesmo caminho. Ele anulou, por exemplo, a reabertura econômica em Osasco (SP) e Goiás.

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter

Colunistas

O império dos sem-voto

Há cada vez mais pessoas que nunca receberam um único voto na vida, e não têm mandato nenhum, dizendo o que o cidadão deve ou não deve fazer

O mal de roupa nova

O Partido Democrata não esconde as intenções: quer mais coletivismo, menos autonomia dos Estados, maior controle exercido pelo Executivo central e intervenção na economia

A nova Torre de Babel

Ao contrário do mito bíblico, a torre atual está sendo edificada com base na confusão proposital das palavras por indivíduos desprovidos de inteligência e coragem

Segundo turno nupcial

“Ué, você tá torcendo pra mim?” / “Não sei. Estou indeciso”

A imprensa morre no escuro

A atividade que já foi chamada de “quarto poder” escorrega perigosamente para a irrelevância

O resgate de Tocqueville

O desprezo pelo cristianismo, tão comum em meios “progressistas”, representa um perigoso afastamento dos pilares norte-americanos

A coerção e o coronavírus

A necessidade de restrições ocasionais não deve abalar os fundamentos do verdadeiro liberalismo, sustentado no “inovismo” e no “adultismo”

Uma nova doença: o vício em desculpas

Poucas figuras públicas têm a força de caráter para se recusar a pedir desculpas aos identitaristas, que gostam de desempenhar o papel de vítimas permanentes

Você não pode perder

A VOZ DAS REDES

Uma seleção de tuítes que nos permitem um olhar instigante do mundo, ajudam a pensar e divertem o espírito

LEIA MAIS

Oeste Notícias

R$ 19,90 por mês