Se eleito, Biden promete mudar política em relação a Cuba e Venezuela - Revista Oeste

Em 30 abr 2020, 10:26

Se eleito, Biden promete mudar política em relação a Cuba e Venezuela

30 abr 2020, 10:26

Candidato do Partido Democrata quer retomar a política adotada pelo antecessor de Donald Trump, o também democrata Barack Obama

EUA Cuba

Foto: Cubahora/Flickr

O virtual candidato democrata nas eleições de novembro nos Estados Unidos, Joe Biden, afirmou que vai modificar as relações com Cuba e a Venezuela em relação ao governo Trump.

Ele defende uma volta ao que se fazia no governo de Barack Obama, revertendo as sanções contra o regime comunista da ilha caribenha.

“Eu insistiria que eles respeitassem os compromissos que assumiram com os EUA. Com isso, a política voltaria”, afirmou Biden, que se referia aos acordos assinados entre Obama e o regime cubano e  descartados por Donald Trump.

Sobre o apoio cubano ao regime de Maduro, Biden afirmou que conversaria com Cuba para equilibrar a questão, como informa a RCTV, canal venezuelano que faz oposição a Nicolás Maduro.

“Número um, Maduro está com problemas; número dois, não existe razão para que não possamos sancioná-lo, mas não reconhecer seu governo é algo diferente de impor sanções”, disse.

Atualmente, o governo norte-americano não reconhece Nicolás Maduro, mas sim o presidente da Assembleia Nacional, Juan Guaidó, como presidente legítimo. Esse entendimento é seguido por mais de 50 países, inclusive o Brasil.

 

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

4 Comentários

  1. Vendo/lendo essas coisas, cada vez mais tenho certeza que os candidatos de oposição lutam ferozmente para reeleger Trump e, não apenas isso, mas que lutam ferozmente para tornar Trump uma espécie de ídolo nas Américas.

    Responder
  2. Tramp reeleito com 100% dos votos na Flórida

    Responder
  3. Biden, vai perder feio com essa política morna de panos quentes.

    Responder
  4. Esquerda é esquerda em qualquer lugar do mundo.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa news

Coronavírus

Oeste Notícias