Governo costura acordo para votar MP que flexibiliza contratações de jovens

A Medida Provisória 905/19 é voltada para o primeiro emprego. Atende a pessoas entre 18 e 29 anos que comprovarem nunca ter tido algum vínculo formal. Planalto quer apoio de líderes partidários para votar o texto
-Publicidade-
Deputados também terão vacina contra gripe | Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados
Deputados também terão vacina contra gripe | Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados | Câmara vacina contra a gripe
Câmara vacina contra a gripe
Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

O Projeto de Lei Complementar (PLP) 149/19, o chamado Plano Mansueto, não é a única proposta que o governo pretende votar nesta segunda-feira, 13. A Medida Provisória (MP) 905/19, também. A medida institui o chamado contrato de trabalho Verde e Amarelo. O programa prevê a contratação de trabalhadores entre 18 e 29 anos mediante a desoneração de encargos trabalhistas aos patrões.

-Publicidade-

A proposta também será alvo da conversa que o governo terá com líderes partidários nesta segunda. Ela atende a jovens que comprovarem nunca ter tido algum vínculo formal. A receita para possibilitar a desoneração da folha virá do recolhimento previdenciário de uma alíquota de 7,5% sobre o seguro-desemprego.

A contribuição do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) sobre o seguro desemprego foi polêmica, mas o próprio relator, Christino Áureo (PP-RJ), acatou. “Estamos falando de uma grande quantidade de trabalhadores que, infelizmente, passarão por vários ciclos de desemprego ao longo de sua vida laboral. Como é comum ao ser humano, enquanto jovens ignoramos o quanto pesarão estes intervalos no momento em que a aposentadoria se aproxima”, defende, em um trecho do parecer.

O relator propôs, contudo, alterações a um sistema facultativo da contribuição previdenciária. A sugestão apresentada possibilita que o trabalhador fará a opção formal se deseja ou não pagar a contribuição. “Note-se que, ao optar por pagar a contribuição, ele também gozará de uma alíquota reduzida e muito favorável e, também, com a extensão do período de graça, no qual ainda goza das coberturas previdenciárias”, destaca outro trecho.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site